UOL Carros
 
16/10/2008 - 20h51

Venda de veículos volta a cair em outubro no Brasil; VW encosta na Fiat

Da Redação
Após um mês de setembro que parecia indicar recuperação do setor, o mercado nacional de automóveis de passeio e veículos comerciais leves voltou a sentir, agora em outubro, o impacto da redução de crédito e do clima de incerteza provocado pela crise econômica de proporções mundiais. O índice da primeira quinzena do mês atual mostrou baixa de 6,62% em relação ao mesmo período do mês anterior. O percentual é ainda levemente superior ao da queda registrada em agosto (6,5%).

Segundo dados da Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores) divulgados no final da tarde desta quinta-feira (16), um total de 112.557 veículos de passeio e comerciais leves foram comercializados no período inicial do mês. Na quinzena de abertura de setembro, porém, 120.532 carros foram vendidos.

Pelo balanço anual específico para a quinzena inicial de outubro, o número pode até ser considerado positivo para o segmento, uma vez que em 2007 foram 110.584 as unidades comercializadas no período.

MENOS VEÍCULOS VENDIDOS
Ao se considerar toda a produção automotiva do país, porém, o resultado é pessimista até mesmo na comparação com o ano passado. Somando veículos de passeio, leves, motos, ônibus e caminhões, foram comercializados 202.158 unidades nos quinze primeiros dias de outubro, contra 204.697 no mesmo período de 2007 (baixa de 1,24%). E a queda fica mais expressiva na comparação com os 225.459 veículos vendidos na quinzena de abertura de setembro de 2008 (baixa de 10,33%).

  • Veja o relatório completo da Fenabrave para a 1ª quinzena de outubro

    VOLKS ENCOSTA NA FIAT
    Na participação das montadoras, a Volkswagen engrossou a disputa nacional encostando na líder Fiat. Enquanto a fabricante italiana baseada em Betim (MG) detém 23,78% do cenário brasileiro de automóveis, a alemã que produz na região metropolitana paulista (ABC) chegou aos 23,13%. Só para avivar a memória, em setembro estes números fecharam em 24,8% e 21,8%, respectivamente.

    A GM segue na terceira posição, com 21,08% do total de veículos comercializados. Mais distante, estão Ford (9,52%), Honda (5,62%) e Re Renault (5,39%).

    GOL LIDERA, CIVIC E PALIO WEEKEND AVANÇAM
    O líder VW Gol segue absoluto no ranking de vendas da Fenabrave, com 11.536 unidades no período, contra 6.618 do Fiat Palio. O destaque da montadora radicada em Minas Gerais fica mesmo por conta do veterano Mille, com 6.225 unidades comercializadas.

    Mas o grande avanço, proporcionalmente, do período foi registrado pela Honda, com seu sedã médio Civic, que saiu do patamar da 9º/10º posições para o sétimo lugar: 3.477 unidades vendidas. Na eterna briga com o Toyota Corolla, vitória com sobras, uma vez que o rival é apenas o 13º, com 2.311 unidades.

    Outra arrancada, e que também garante um fôlego para a Fiat na atual hegemonia do mercado, é a da família Palio Weekend. Remodelada, com visual que pode agradar aventureiros de plantão, mas também a um público que pede maior refinamento, a linha voltou a figurar entre os "15 mais", com 1.966 unidades.

    Assim, os 15 carros mais vendidos no Brasil em setembro, considerando as categorias automóveis e veículos comerciais leves, foram:

    1º) Volkswagen Gol - 11.356 unidades
    2º) Fiat Palio - 6.618
    3º) Fiat Mille - 6.225
    4º) Chevrolet Corsa/Classic - 5.667
    5º) Chevrolet Celta - 4.826
    6º) Volkswagen Fox/CrossFox - 4.812
    7º) Honda Civic - 3.477
    8º) Fiat Strada - 3.398
    9º) Fiat Siena - 3.367
    10º) Ford Fiesta hatch - 2.865
    11º) Ford Ka - 2.834
    12º) Chevrolet Corsa hatch - 2.525
    13º) Toyota Corolla - 2.311
    14º) Chevrolet Prisma - 2.055
    15º) Palio Weekend - 1.966

    Veja também

    Carregando...
  • Fale com UOL Carros

    SALOES