UOL Carros
 
09/10/2008 - 14h31

Salão de SP 2008 pretende ser o maior da história, com 650 mil visitantes

EUGÊNIO AUGUSTO BRITO
Da Redação
Foram divulgados nesta quinta-feira (9) os detalhes para a realização da 25ª edição do Salão do Automóvel de São Paulo, que acontece de 30 de outubro a 9 de novembro, no Pavilhão de Exposições do Anhembi, na capital paulista. Os organizadores do evento, que ocorre desde 1960, esperam fazer da edição deste ano a maior da história, recebendo cerca de 650 mil visitantes (na última edição, em 2006, 620 mil pessoas visitaram o salão).

A grande justificativa para esta expectativa está no fato de que, a partir deste ano, o Salão de São Paulo passa a integrar o calendário oficial de Motor Shows da Oica (a Organização Internacional dos Construtores de Veículos Automotivos, na sigla em inglês) e com isso ganha o status de internacional, figurando ao lado (o que não significa dizer no mesmo nível de investimento, lançamentos e organização) dos salões de Paris, Detroit, Nova York, Frankfurt e Moscou. O salão ainda conta com a "coincidência" de ter seu primeiro final de semana (dias 30 de outubro, 1º e 2 de novembro) ocorrendo simultaneamente ao Grande Prêmio de São Paulo de Fórmula 1, disputado no autódromo de Interlagos, o que deve aumentar o potencial de público de ambos.

O senão está por conta da crise econômica internacional, que estourou de vez às vésperas do Salão de Paris (que começou na semana passada), e já se abate pela indústria automobilística mundial. Fica a esperança, no entanto, de que o mercado brasileiro permaneça relativamente imune até o final do ano e que a festa automobilística nacional, que implica também em negócios, claro, não seja abalada.

KIA SOUL É UMA DAS ATRAÇÕES
Cláudio de Souza/UOL
VEJA MAIS FOTOS DA MULTIVAN
ESTRUTURA
No total, 38 marcas estão confirmadas e serão responsáveis por mostrar ao público presente mais de 450 veículos entre lançamentos, tendências e conceitos para o mercado automobilístico nacional. Além disso, 170 expositores dos setores de implementos e suprimentos, pneus, som e acessórios automotivos mostrarão suas novidades.

Das 650 mil pessoas esperadas durante os 11 dias de evento, 74% são homens (e 26%, mulheres), grande parte com idade entre 30 e 49 anos (47%) e a maioria com ensino superior (53,08%). Do total, 57% moram fora do Estado de São Paulo. Mas dentro deste quadro, baseado na edição de 2006, a grande aposta do salão de 2008 está na segmentação do perfil do visitante/consumidor do salão, com atrações seletivas para os diversos grupos: famílias, mulheres, empresários e esportivo.

Entretanto, quem visitou o salão em anos anteriores ou conhece o Anhembi sabe que a estrutura do pavilhão, construído nos anos 70, não é das mais acolhedoras ao visitante. Para tentar reforçar este ponto fraco, a organização do evento -- a cargo dos mantenedores do local, Reed Exhibitions/Alcantara Machado, da SPTuris (São Paulo Turismo) e do SPC&VB (São Paulo Convention & Visitors Bureau) -- diz ter investido cerca de R$ 10 milhões exclusivamente para o evento (no ano, um total de R$ 30 milhões foi investido, em parcerias público-privadas), em melhorias como instalação de câmeras de segurança, renovação da iluminação e cobertura de 68 mil m² em parte da área externa.

Ainda assim, o grosso da reforma do espaço que é ocupado durante o Salão de SP só começa em dezembro, ou seja, será aproveitado apenas na edição de 2010 -- uma promessa é a demolição e reconstrução do Palácio de Convenções do Anhembi, com estrutura mais moderna.

Outro ponto não totalmente esclarecido diz respeito à chegada do visitante. Segundo Juan Pablo de Vera e Evaristo Nascimento, respectivamente presidente e diretor da Reed/Alcantara, o plano definitivo, contemplando chegada de veículos privados, bolsões de estacionamento e entrada do público, será divulgado na próxima semana. Sabe-se, por enquanto, que a estrutura de metrô da cidade será aproveitada e que haverá transporte gratuito para o Anhembi saindo da estação Tietê de metrô.

SERVIÇO
Para quem pretende visitar o Salão do Automóvel de São Paulo, no Pavilhão do Anhembi, um aviso: os ingressos já podem ser comprados na Internet, através do site www.salaodoautomovel.com.br, onde estão com um pequeno desconto até o próximo dia 20. Por lá, há ainda informações de preços de tíquetes individuais ou de pacotes e entradas VIP, mas antes da compra é necessário preencher um cadastro.

Com o desconto, os preços são de R$ 17 (crianças de 5 a 12 anos) e R$ 25,50 (adultos). O ingresso econômico custa R$ 22,50, mas é válido apenas para os dias 3 e 4 de novembro. Há também os pacotes especiais Família (dois adultos e dois menores) por R$ 79,90; Grupos (lote com dez ingressos) por R$ 240; Fã (dois ingressos para duas visitas, mas permitido para apenas uma pessoa a cada dia) por R$ 75; e, por fim, o pacote VIP (três ingressos, estacionamento, acesso rápido e outras facilidades) por R$ 350.

Após o dia 20, os ingressos serão vendidos pelo valor integral e, por exemplo, o de adulto passará a custar R$ 30 e o de crianças, R$ 20. Vale lembrar ainda que menores de 5 anos e maiores de 65 não pagam para entrar.

O Salão de São Paulo ficará aberto de 30/10 a 8/11 das 14h às 22h (entrada até 21h). No dia 9/11, um domingo, último dia do evento, o horário será menor: das 11h às 19h (com entrada até 17h). A organização adverte que é bom reservar cerca de cinco horas para conhecer e aproveitar bem o evento.

Veja também

Carregando...
Fale com UOL Carros

SALOES