UOL Carros
 
08/09/2008 - 13h50

Volkswagen rejeita controle da Porsche sobre linha de produção e aliança se complica

Da Redação
A relação entre a alemã Volkswagen AG e sua principal controladora acionária, a Porsche Automobil, está azedando. O principal atrito se dá entre os executivos, pela definição de quem deve ter, de fato, o controle das linhas de produção das duas montadoras, informa a agência "Automotive News Europe", citando fontes internas da Volks.

Segundo tais fontes, o pensamento geral dentro da Volkswagen é que mesmo detendo a participação majoritária -- ou seja, tendo o controle econômico -- a marca alemã de automóveis esportivos de luxo deveria manter-se afastada das negociações do dia-a-dia da marca mais popular.

A queda de braço envolve ainda a liderança dos operários do grupo, que planeja uma manifestação em frente à sede da companhia contra a direção da Porsche Automobil, com o lema "A Volkswagen deve permanecer Vokswagen". O sindicato alemão dos metalúrgicos agendou uma reunião para esta semana, para tentar pacificar as partes, mas se viu obrigado a cancelar o evento.

A rixa já atinge à linha de produção das marcas. A Volks acusa a Porsche de querer controlar a definição de preço e estratégia de lançamento da próxima geração do SUV VW Touareg, que está sendo desenvolvido em conjunto pelas duas montadoras e deve ser lançado em 2010.

Por sua vez, a Porsche diz que o chassi desenvolvido por uma subsidiária da Volks para o sedã premium Porsche Panamera, previsto para ser lançado em 2009 como modelo 2010, está abaixo do padrão. A Volks responde a acusação afirmando que o chassi desenvolvido é um protótipo para acertar a linha de produção e que a versão definitiva "terá o mais alto padrão de qualidade".

Veja também

Carregando...
Fale com UOL Carros

SALOES