UOL Carros
 
27/08/2008 - 14h34

Dodge pode vender Viper para ser feito por outra fábrica

Da Redação
A montadora norte-americana Chrysler pode vender o Dodge Viper para que ele seja fabricado por outra empresa. Seria uma solução para não encerrar a produção do esportivo, que em 15 anos no mercado vendeu cerca de 25 mil unidades, feitas artesanalmente numa planta em Detroit (Estados Unidos).

A possibilidade de a Dodge desfazer-se do Viper sinaliza a tendência de a Chrysler (proprietária das marcas Dodge e Jeep) diminuir suas operações em áreas que não sejam lucrativas ou essenciais para seu negócio, que é vender carros produzidos em série.

E o Viper certamente não faz parte do "core business" da Chrysler, como afirmou ao boletim Automotive News o diretor do Centro de Pesquisas Automotivas do Estado de Michigan, Dave Cole. Da mesma forma, a empresa -- hoje controlada pelo grupo de investidores Cerberus Capital Management -- se desfez no Brasil da fábrica de motores Tritec, vendida à FPT, da Fiat.

A avaliação é de que a marca "Viper" possa ser vendida a algum grupo de países emergentes como a Índia ou China, ou mesmo a ateliês de customização que possuam uma estrutura maior. Nos EUA, o Viper é vendido a cerca de US$ 90 mil, e tem como concorrente prncipal os Chevrolet Corvette, além de outros superesportivos de mais tradição. O Viper entrega 608 cavalos de potência, puxado por um gigantesco motor V10 de 8,4 litros de capacidade.

E cabe a pergunta, feita pela redação do Autoblog: um Viper que não seja feito pela Dodge ainda será um Viper?

Veja também

Carregando...
Fale com UOL Carros

SALOES