UOL Carros
 
06/08/2008 - 15h06

Montadoras vendem 320 mil unidades em julho; total no ano já chega a 2 milhões de veículos

Da Redação, com informações da Reuters
O setor automotivo brasileiro iniciou o segundo semestre mantendo a trajetória de forte crescimento, diante das boas condições de renda e crédito no país, mostraram dados divulgados nesta quarta-feira (6) pela Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores). A produção de veículos em julho totalizou 320,1 mil unidades, alta de 3,5% em relação a junho e 19,8% ante julho de 2007. No acumulado do ano, houve avanço de 21,8%, para 2,01 milhões de veículos.

As vendas internas do setor avançaram 12,6% na comparação mensal e 32,6% na anual, para 288,1 mil unidades. No ano, as vendas subiram 30,4%, para 1,7 milhão de unidades.

A previsão é de que as taxas de crescimento desacelerem nesta segunda metade do ano, em razão do aperto monetário promovido e de uma base forte de comparação em 2007, mas não em ritmo suficiente para impedir que 2008 tenha novos números recordes.

A Anfavea prevê para este ano alta recorde de 24,2% das vendas, para 3,060 milhões de unidades, e de 15% da produção, para 3,425 milhões.

FLEX
As vendas de veículos com motor flexível (ou "flex") no Brasil aumentaram novamente em julho, chegando a um total de 238.958 unidades, também segundo dados da Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores) nesta quarta-feira (6).

Na comparação, as vendas subiram 12,4% em relação a junho (quando foram vendidas 212.533 unidades) e de 31,7% frente a julho do ano passado (182.174 unidades).

MAQUINÁRIO PESADO
As exportações de veículos e máquinas agrícolas recuaram 3,8% em julho e 2,9% na comparação anual, para US$ 1,23 bilhão. No ano, no entanto, as vendas externas acumulam alta de 9,5%, para US$ 8,12 bilhões.

As vendas de máquinas agrícolas no Brasil caíram 0,9% em julho ante junho, mas subiram 43,7% sobre igual mês de 2007, para 5 mil unidades.

No acumulado do ano, as vendas tiveram um forte aumento de 50,8%, para 30,4 mil unidades.

Veja também

Carregando...
Fale com UOL Carros

SALOES