UOL Carros
 
01/08/2008 - 15h20

GM perde nos EUA o equivalente a R$ 24 bilhões no segundo trimestre

Da Redação, com agências internacionais
A montadora norte-americana General Motors (GM) informou nesta sexta-feira (1º de agosto) ter perdido US$ 15,5 bilhões (o equivalente a R$ 24 bilhões) no segundo trimestre do ano. O grosso do prejuízo vem do mercado doméstico, que respondeu por US$ 9,3 bilhões das perdas da fabricante, que obteve entre abril e junho receita de apenas US$ 19,8 bilhões. Entre abril e junho de 2007, a empresa teve lucro de US$ 1,3 bilhão.

A perda divulgada pela GM supera os US$ 8,7 bilhões que escoaram da receita da Ford também no segundo trimestre deste ano.

Segundo o presidente Rick Wagoner, o prejuízo -- o terceiro maior em um trimestre nos 100 anos de história da companhia -- pode ser atribuída "à grande fraqueza do mercado americano e à perda de produção devido às interrupções na American Axle e várias instalações da GM durante maio e junho".

Wagoner fez referência à greve da fabricante de peças American Axle, entre outras fornecedoras da montadora, que junto ao pagamento de indenizações por aposentadoria antecipada de milhares de trabalhadores, consumiu US$ 9,1 bilhões da receita da empresa.

No segundo trismestre de 2008, a GM vendeu 2,29 milhões de veículos no mundo, ou 5% a menos do que em 2007. Em junho, a montadora já havia anunciado que fecharia quatro fábricas na América do Norte, reduzindo a capacidade produtora. Na prática, sua participação no mercado caiu de 22,7% para 20,2%.

FORA DOS EUA, NÚMEROS MELHORES
E como já havia acontecido com Ford e Toyota, a GM também registrou números melhores fora do mercado americano. Na América Latina, África e Oriente Médio, a receita da mobtadora chegou aos US$ 5,1 bilhões, com lucro de US$ 445 milhões -- US$ 149 milhões a mais que há um ano.

Na Europa, o lucro foi de US$ 20 milhões, com aumento das vendas em US$ 1,1 bilhão, totalizando US$ 10,6 bilhões. De toda forma, um ganho menor do que no mesmo período de 2007 -- US$ 295 milhões a menos.

O panorama na Ásia-Pacífico foi ruim também. O faturamento foi de US$ 5,2 bilhões, mas no balanço geral a GM perdu US$ 163 milhões na região.

Veja também

Carregando...
Fale com UOL Carros

SALOES