UOL Carros
 
30/07/2008 - 15h30

Lucro da Tata Motors cai 30% entre abril e junho

Da Redação, com EFE
Foto: Reuters

Aumento de custos que pode encarecer o supercompacto Nano (foto) também derruba lucro
da montadora Tata no início do ano fiscal indiano
A montadora indiana Tata Motors registrou uma queda de 30% no lucro no segundo trimestre (de abril a junho), o primeiro do ano fiscal indiano, em relação ao mesmo período do ano anterior, segundo um comunicado divulgado nesta quarta-feira pela empresa. O lucro obtido foi de 3,261 bilhões de rúpias (cerca de R$ 120 milhões ou US$ 77 milhões) no trimestre, o primeiro do ano fiscal indiano e que abrange de abril a junho, frente aos 4,667 bilhões de rúpias (R$ 172 milhões ou US$ 110 milhões) do ano passado.

A companhia atribui a queda do lucro à "tendência inflacionária" na Índia e ao aumento dos custos, mas ressalta que as vendas líquidas chegaram a 69,28 bilhões de rúpias nos últimos três meses (cerca de R$ 2,5 bilhões) 14,4% a mais que no mesmo período do ano anterior (60,568 bilhões de rúpias ou aproximadamente R$ 2,2 bilhões).

A fabricante automobilística mais popular na Índia vendeu 133.079 carros neste período -- incluindo os veículos exportados --, 3,9% mais que no mesmo trimestre do ano anterior, quando foram vendidos 128.095 automóveis, segundo a nota.

A Tata Motors assegura no comunicado que a companhia segue conservando um "bom crescimento", e lembra que este ano realizou operações importantes, como a assinatura de um acordo com a Ford para comprar as marcas britânicas Jaguar e Land Rover por US$ 2,3 bilhões (cerca de R$ 3,6 bilhões).

A companhia qualificou 2008 como um ano "histórico" devido à apresentação, em 10 de janeiro, do carro mais barato do mundo, o Nano, que, com um custo de apenas 100 mil rúpias (US$ 2.500, ou o equivalente a R$ 4.000) no mercado indiano, pretende revolucionar o setor dos utilitários nos mercados emergentes.

Veja também

Carregando...
Fale com UOL Carros

SALOES