UOL Carros
 
14/07/2008 - 12h19

BMW mantém luxo e abusa da tecnologia em nova geração do Série 7

Da Auto Press
Já é de se esperar que a BMW lance carros requintados e com vasto pacote de tecnologia, conforto e segurança. Assim, a marca alemã caprichou para lançar a nova versão do BMW Série 7, o maior sedã da montadora, que chega com sutis modificações externas e realça o luxo e a parafernália tecnológica característicos das antigas versões. O lançamento da quinta geração do modelo acontece no Salão de Paris, na França, em outubro.

BMW SÉRIE 7 - VÍDEO OFICIAL
MAIS VÍDEOS DE UOL CARROS
Inspirado no conceito CS -- apresentado em 2007, no Salão de Xangai, na China --, o novo Série 7 chega bem menos agressivo que o protótipo e sem formas tão impressionantes (veja o álbum do CS aqui). Na dianteira, grades mais arredondadas e novo conjunto ótico, composto por leds. Nas laterais, predominam linhas suaves, com destaque para o vinco característico na altura das maçanetas que se estende por toda a carroceria. Na parte traseira, a moldura cromada, já presente na última geração, passa a ser mais larga e não divide as lanternas como antes, que agora se alongam pelas laterais.

TECNOLOGIA MIMA O CONDUTOR
O design do interior permaneceu clássico, revestido em couro, mas com detalhes mais modernos. No centro do painel, uma tela digital de 10,2 polegadas controla o iDrive -- sistema que reúne diversas informações sobre o veículo. Além disso, o motorista pode acessar a Internet e utilizar o disco rígido de 80 giga para armazenar músicas.

Divulgação 
Sedã tem 7 câmeras, informações no pára-brisa, tela de 10,2 polegadas com sistema iDrive, Internet e disco de 80 giga


A BMW manteve no sedã o "Head-up Display" -- que equipa as versões do SUV X5, por exemplo. O dispositivo projeta no pára-brisas informações diversas sem que o motorista precise desviar a atenção da via por onde trafega. Nos bancos traseiros, mimos como sistema de ventilação e massageador. O câmbio automático de seis velocidades é oferecido em todas as versões como item de série.

Sedã suaviza linhas do conceito CS
Divulgação
VEJA O ÁLBUM DE FOTOS
No quesito segurança, a marca bávara ampliou a gama de equipamentos. O Série 7 vem com câmeras que detectam alterações de velocidade nas placas da via -- semelhante ao sistema Opel-Eye, usado pela Opel --, câmeras de auxílio de estacionamento, câmeras noturnas e um sistema que orienta sobre os pontos cegos do carro. Além de sinais sonoros, os alertas destes dispositivos são transmitidos também por meio de vibrações no volante.

NOVIDADES TAMBÉM SOB O CAPÔ
Embaixo do capô, estréias e modificações. Na Europa serão dois propulsores a gasolina e um a diesel. Por aqui, apenas a versão 750i está programada para ser importada. Com motor V8 4.8 litros, o modelo tem generoso torque de 62,5 kgfm e 407 cv de potência. Na Europa, o modelo de entrada será o 730d, que segundo a montadora, é responsável por 85% das vendas na Inglaterra. A versão tem motor diesel de seis cilindros em linha, 3.0 litros, 245 cv e 56,2 kgfm. Há também as versões 740i, 740Li e 750 Li.

Divulgação 
Lateral do Série 7 tem linhas suaves, com destaque para o vinco característico da marca na altura das maçanetas

OS ADVERSÁRIOS
Para duelar com o sedã da BMW, estão na disputa o Classe S da Mercedes-Benz, o Audi A8 e o S80 da Volvo. No Brasil, a estréia do Série 7 está prevista para outubro, no Salão de São Paulo, apenas 20 dias após o Salão de Paris. A montadora pretende apresentar o modelo e comercializá-lo no mês seguinte. Por enquanto, o sedã de luxo não tem preço sugerido, mas deve ficar na faixa dos R$ 490 mil pedidos pelo atual 750i por aqui.
(por Karina Craveiro)

Veja também

Carregando...
Fale com UOL Carros

SALOES