UOL Carros
 
27/05/2008 - 12h00

Toyota aumenta produção de baterias para híbridos

Da Redação, com agências
A demanda por veículos "verdes" está em alta, e prova disso é o anúncio feito pela fabricante de baterias Panasonic EV Energy de que construirá uma nova unidade no norte do Japão, para aumentar a produção da "pilha" que é usada nos carros híbridos, como o Toyota Prius.

A empresa é uma joint-venture entre a própria Toyota e a Matsushita. O investimento na nova planta gira em torno de US$ 290 milhões, para garantir uma produção de 200 mil baterias por ano. O Prius, maior sucesso de vendas no segmento de carros híbridos (que, tipicamente, combinam eletricidade com combustíveis fósseis), já tem 1 milhão de unidades circulando pelo mundo. A previsão para o início do funcionamento da nova fábrica de baterias é 2010.

Na semana passada, a Honda, maior rival da Toyota, anunciou que lançará no Salão de Paris, em outubro, um veículo híbrido menor que o FCX Clarity, que é movido a célula de combustível.

A General Motors, que vem fazendo os últimos ajustes para colocar no mercado, também em 2010, o elétrico Volt, trouxe ao Brasil dois carros híbridos, o sedã Malibu e o SUV Tahoe, para apresentação à imprensa. Há rumores de que a empresa estuda importar o Malibu para o Brasil, situando-o numa faixa de preço entre o Vectra e o Omega (este também importado, da Austrália). No entanto, o carro que viria seria o convencional, movido apenas a gasolina.

Veja também

Carregando...
Fale com UOL Carros

SALOES