UOL Carros
 
23/05/2008 - 11h28

Vendas gerais têm recuo; Sandero garante Renault como 5ª maior

Da Redação
Divulgação
Renault Sandero em São Paulo: cena cada vez mais comum
VEJA O SANDERO NO PROGRAMA AUTO+
As vendas de veículos novos no Brasil tiveram uma pequena queda na primeira quinzena de maio, na comparação com o mesmo período do mês de abril. Não há nenhum susto nisso, já que o mês anterior batera recordes históricos da indústria. A queda no emplacamento de carros de passeio foi de 1,26%, enquanto a categoria de comerciais leves (que engloba as picapes pequenas e todos os SUVs) teve decréscimo de 3,19%. Na média de ambas, recuaram 1,6%. Os dados, nacionais, são da Fenabrave, entidade que reúne os distribuidores de veículos.

As únicas categorias que experimentaram alta nessa primeira parte de maio foram as de motocicletas (cresceu 0,94%) e ônibus (7,94%). No total, foram emplacados 116.836 carros e utilitários no período, ante 118.739 nos primeiros 15 dias de abril. Mas os números continuam sendo muito fortes em relação há um ano: nessa conta, a alta na venda de carros e utilitários foi de 18,23%. Tomando-se os utilitários separadamente, houve um robusto crescimento de 39,51% -- mostrando que o segmento dos SUVs é estratégico para o mercado em 2008.

Veja o relatório completo da Fenabrave

Entre os carros mais vendidos no Brasil, o Volkswagen Gol segue como líder, com 10.734 unidades emplacadas, seguido de perto pelo Fiat Palio, que emplacou 9.375 carros. Agora que a chegada do Gol NF, ou "Novo Gol", é iminente e cada vez mais divulgada na mídia, a tendência é haver um freio nas vendas do compacto, já que o consumidor pode optar por esperar a próxima geração do modelo.

A lista dos carros mais emplacados traz duas novidades: o Renault Sandero figura pela primeira vez no top 10 de automóveis, com 2.391 unidades. Só perde esse lugar quando são computados os utilitários (que, no geral, são comprados para o mesmo uso). Nesse cenário, que UOL Carros considera mais realista, o hatch da marca francesa perde a 10ª posição para a picape pequena Strada, da Fiat.

Esse resultado do Sandero ajudou a manter a Renault por mais 15 dias como a 5ª maior montadora de carros de passeio do Brasil, posição que vinha disputando com a Honda. A fatia de mercado da francesa está em 6,19%, enquanto a japonesa tem 5,11%. Fiat, Volkswagen, General Motors e Ford, nessa ordem, vêm antes.

Outra disputa interessante é a dos sedãs médios, cujo centro voltou a ser o duelo entre o ainda líder Honda Civic e o renovado Toyota Corolla. O primeiro emplacou 2.818 unidades na primeira quinzena de maio, enquanto o Corolla, com a nova linha nas lojas há algumas semanas, foi às ruas com 2.031 carros. No ranking de automóveis, estão em 9º e 15º lugares, respectivamente.

A seguir, os 15 veículos (automóveis e utilitários) mais vendidos na 1ª quinzena de maio; entre parênteses, o acumulado do ano de cada modelo:

1º) Volkswagen Gol - 10.734 (103.505)
2º) Fiat Palio - 9.375 (80.494)
3º) Fiat Mille - 5.982 (49.581)
4º) Chevrolet Celta - 5.554 (53.915)
5º) Volkswagen Fox/Crossfox - 5.401 (46.086)
6º) Chevrolet Corsa sedan/Classic - 5.039 (50.575)
7º) Fiat Siena - 4.984 (37.549)
8º) Ford Ka - 3.919 (20.051)
9º) Honda Civic - 2.818 (23.332)
10º) Fiat Strada - 2.743 (24.919)
11º) Renault Sandero - 2.391 (12.477)
12º) Ford Fiesta hatch - 2.376 (20.583)
13º) Chevrolet Prisma - 2.341 (19.920)
14º) Peugeot 206 - 2.124 (16.976)
15º) Fiat Punto - 2.097 (17.094)

Veja também

Carregando...
Fale com UOL Carros

SALOES