UOL Carros
 
22/04/2008 - 16h13

Volvo V50 é reestilizado e ganha versão mais barata

Da Auto Press
A Volvo quer voar mais baixo no Brasil. A montadora sueca aproveitou o novo face-lift da versão 2008 do V50 para trazer uma configuração mais barata da perua sueca, que custa "apenas" R$ 135.450. Diante das principais rivais -- o Audi A4 Avant, que parte de R$ 161.700, o BMW 325i Touring, que sai a R$ 229 mil, e o Mercedes Classe C Estate, que só deve chegar no Brasil no segundo semestre --, é um preço que desperta atenção. O grande motivo do valor da versão de entrada (as configurações superiores de 2.4i e T5 custam aproximadamente R$ 150.570 e R$ 180.268) é a aquisição da motorização 2.4 aspirada à gama dos V50.

Como sofreu uma reestilização leve, o V50 ganhou novidades em seu design externo. E ficou mais bonito. As grades dianteiras do sueco mudaram de coloração, de cromada a preta; os pára-choques -- tanto o dianteiro como o traseiro -- foram reestilizados; e o acabamento interno sofreu suaves modificações.

Os faróis também mudaram: são de xenônio e autodirecionais. Mas a "sportswagon", que é como a montadora classifica o modelo, continua com as mesmas medidas: 4,52 metros de comprimento, 1,77 m de largura, 1,45 m de comprimento e 2,64 m de distância entre-eixos.

Internamente, o carro possui os bancos e o volante em couro, e este último ainda com a possibilidade de ter detalhes em alumínio. A V50 traz também um porta-copos embutível entre os assentos traseiros, CD-player, GPS e outros mimos. O modelo calça rodas de 17 polegadas, com a opção de aumentar o aro, chegando as 18 polegadas.

Mesmo com um preço de entrada mais "acessível", o modelo continua oferecendo assistência "premium" no quesito segurança. O V50 possui dispositivos como sistema antiderrapagem, que faz uma comparação entre o giro de cada roda e, quando necessário, varia a aplicação da potência sobre ela. Além disso, este sistema compara o movimento do volante em relação à direção do veículo. Se detectar alguma anormalidade, o dispositivo corta a potência e ativa o freio para que o automóvel não saia do controle.

Aliado a este equipamento de segurança, o Volvo ainda possui airbags de duplo estágio, no motorista e no carona, cinto de segurança com pré-tensionadores, faróis de neblina e um dispositivo que interfere nas informações "on board" (como o telefone integrado, que é bloqueado) quando o veículo é submetido a situações extremas de direção.

Propulsor
O motor 2.4 aspirado gera 140 cv, 30 cavalos a menos da versão 2.4i com injeção direta, que chega aos 170 cv. Já a topo de linha, o T5, com seu motor 2.5l turbo gera 230 cv. O propulsor aspirado ainda tem uma redução em torque em relação as outras configurações: enquanto a 2.4 "normal" tem 22,4 kgfm, a versão turbo possui um torque um pouco maior: 23,4 kgfm. A T5 alcança um valor igual a 32,6 kgfm.

A transmissão do veículo é manual nas duas versões 2.4 de cinco cilindros e, na configuração topo de linha, 2.5 turbo também com cinco cilindros, o câmbio é automático Geartronic de cinco velocidades. O V50 é uma perua derivada do sedã S40 e é produzida desde 2004 na fábrica da marca sueca em Ghent, na Bélgica. No Brasil, além do V50, a Volvo ainda comercializa os modelos sedãs S40, S60, S80, os hatchs C30 e C70, a perua "off-road" XC70 e o utilitário esportivo XC90. (por Bernardo Feital)

Veja também

Carregando...
Fale com UOL Carros

SALOES