UOL Carros
 
11/03/2008 - 16h02

Taxa 'anticarro' leva Porsche à Justiça contra Londres

Da Redação
A Porsche decidiu ir à Justiça para tentar reverter uma medida da prefeitura de Londres que impõe pesadas taxas a motoristas de carros considerados poluentes. Fabricante de veículos esportivos de alta performance (e de altas emissões), a marca alemã é uma vítima óbvia da medida.

A decisão de enfrentar o prefeito socialista Ken Livingstone, da ala mais à esquerda do Partido Trabalhista, foi anunciada pela marca alemã num comunicado. Segundo a Porsche, Livingstone não deu bola para seu pedido de rever a taxa média de 25 libras (cerca de R$ 85) a ser cobrada, a partir de outubro, a cada vez que o motorista do carrão adentrar determinadas áreas da cidade de Londres.

Um motorista que dirija diariamente pela cidade com um Porsche 911 (ou mesmo com um SUV grande como o Cayenne), por exemplo, pode ter uma conta anual de 6.500 libras, ou R$ 22 mil.

A Porsche afirma que a medida é discriminatória, que vai deixar Londres menos atrativa para visitantes de negócios (um argumento bem medíocre, aliás), e também que a quantidade de dióxido de carbono (gás que colabora com o efeito estufa) que deixará de ser emitida anualmente equivale a meras quatro horas de funcionamento do aeroporto de Heathrow. O prefeito Livingstone tem três semanas para responder.

Veja também

Carregando...
Fale com UOL Carros

SALOES