UOL Carros

29/11/2007 - 16h01

Família Vectra deve ganhar perua em 2008

Da redação
Uma das novidades da General Motors brasileira para 2008 deve ser a perua Vectra, completando uma família que, até bem pouco tempo atrás, era composta por apenas um membro: o Vectra sedã, que, em setembro último, ganhou um irmão mais curto, o hatch Vectra GT.

Assim como o GT, que na Europa é o Opel Astra (a Opel é a marca da GM no velho continente, como a Chevrolet é a do Brasil), a versão perua do Vectra deve ser baseada numa station wagon Astra que leva o nome de Caravan na Alemanha e Break na França, dois dos principais mercados europeus da Opel.
Divulgação


A lanterna traseira do Opel Astra SW é muito semelhante à do Vectra GT - carro que, na Europa, é conhecido como Astra...
MAIS FOTOS DO OPEL ASTRA SW/PERUA VECTRA
VEJA FOTOS DO VECTRA GT


Quem tem acima de 30 anos deve lembrar-se que Caravan era a perua baseada no Opala. Hoje em dia, o nome é usado pela Chrysler numa minivan. Isso pode atrapalhar sua reutilização pela Chevrolet -- algo que vem sendo comentado na mídia especializada. Caso ela ocorra, seria um duplo surto de nostalgia em 2008, já que a Volkswagen cogita nomear seu novo sedã pequeno, derivado da nova geração do Gol (marcada para abril), como Voyage.

No final de 2006, a presença de ao menos um exemplar do Opel Astra SW (talvez para testes na GM) foi detectada no Brasil, segundo reportagem do site Interpress Motor veiculada em agosto deste ano. Basta cotejar as imagens com as fotos do Astra europeu nesta página: é exatamente o mesmo carro.

A especulação principal é sobre a motorização brasileira da -- não se confunda -- possível perua Vectra Caravan (ou seja lá qual sobrenome que venha a ter). Os motores europeus começam em 1.6 litro (a gasolina) e incluem uma versão a diesel com 1.7 litro (combustível vetado para carros de passeio no Brasil). Por aqui, a capacidade da gama Vectra é 2.0 e 2.4. Os motores menores da Opel estão diretamente ligados à dura regulamentação ambiental da União Européia. O Astra SW tinha a opção de motor 2.0 (mais poluente), abandonada na linha 2008.

Atualizada às 13h35 de 30/11

Compartilhe:

    Fale com UOL Carros

    SALOES