UOL Carros

07/11/2007 - 11h20

Vendas de veículos até outubro já quebram recorde de 1997

Da Reuters
com Redação
Em São Paulo*
As vendas de veículos novos no Brasil feitas de janeiro a outubro deste ano já superaram o recorde histórico registrado em todo o ano de 1997, por conta da força do mercado interno e a extensão dos prazos de financiamento, mostraram dados divulgados pelo setor nesta quarta-feira (7).

As vendas de veículos novos cresceram 19,8% em outubro ante o mês anterior, para 244,5 mil unidades, totalizando, em dez meses, 1,98 milhão de unidades, informou a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea). O recorde histórico de vendas anuais do setor -- agora, já um dado do passado -- foi atingido em 1997, quando foram vendidos 1,94 milhão de carros no país.

Na comparação com outubro do ano passado, as vendas subiram 39,5%.

A Fiat manteve-se como a montadora campeã de vendas no Brasil, detendo uma fatia de 26% do mercado. A marca italaina emplacou em outubro 60.314 veículos, chegando a 490.450 veículos licenciados em dez meses. A Volkswagen manteve o segundo lugar.

Avanços
A produção do setor automobilístico avançou 18,3% na comparação mensal, para 299,3 mil unidades em outubro, e subiu 31,6% em relação ao mesmo período de 2006. No ano, as montadoras já produziram 2,48 milhões de veículos -- aproximando-se do recorde atingido em 2006, quando foram produzidos 2,61 milhões de carros.

O setor vem atribuindo o bom desempenho em 2007 à recuperação da renda e do emprego no país e ao crescimento do crédito, que tem sido acompanhado da expansão dos prazos de financiamento e de uma taxa de inadimplência baixa. A Ford, por exemplo, já oferece planos em que o cliente pode pagar seu carro em sete anos.

Exportações
As exportações de veículos e máquinas agrícolas, em valor, cresceram 13,2% em outubro contra setembro, para US$ 1,29 bilhão. Em relação a outubro de 2006, a alta foi de 20,7%, acumulando no ano expansão de 6,8%.

Em volume, as vendas para o mercado exterior de veículos avançaram 22,3%, na comparação mensal, para 79 mil unidades. Frente a outubro do ano passado, a alta foi de 9%. Apesar do crescimento no mês passado, as exportações do setor acumulam queda de 6,4% no ano.

* Atualizada às 15h05

Compartilhe:

    Fale com UOL Carros

    SALOES