Segredos automotivos

Novo Ford EcoSport terá papelão reciclado no porta-malas

Vinicius Dimitri/UOL
Novo EcoSport, visto com frequência nos arredores da fábrica da Ford em Camaçari (Bahia), chega até final do semestre Imagem: Vinicius Dimitri/UOL

Do UOL, em São Paulo (SP)

Modelo chega até o final do semestre com novos motores e novo interior

O novo Ford EcoSport, que apareceu pela primeira vez no Salão de Los Angeles (EUA), em novembro passado, será lançado no Brasil até o final do primeiro semestre. É dos Estados Unidos, portanto, que têm chegado mais notícias sobre a primeira repaginada da atual geração do SUV, lançada em 2012.

A mais recente tem a ver com o porta-malas: ele terá uma divisória próxima ao assoalho, feita de papelão reciclado, que, segundo a marca, foi inspirada em abelhas -- mais precisamente, em colmeias. O papel é reforçado com cola e água.

A divisória serve para proteger objetos frágeis, como uma caixa de ovos, por exemplo.

Trata-se de um sistema parecido com o que existe em modelos como Fiat Mobi e Volkswagen up!. No caso do Eco, a estrutura hexagonal do papelão, como um favo de mel, garante resistência e leveza. A montadora afirma que a prateleira pesa apenas 2,7 kg, mas é capaz de suportar até cerca de 320 kg (118 vezes mais que o próprio peso).

A altura da divisória ainda poderá ser ajustada em três níveis para levar bagagens de diferentes tamanhos em cada "andar" -- será possível até retirá-la, posicionando a prateleira atrás do banco traseiro.

Murilo Góes/UOL
"Cargo box" do Mobi é solução parecida com a que o EcoSport irá oferecer após a repaginação Imagem: Murilo Góes/UOL

O uso da estrutura em forma de colmeia não será uma "reinvenção da roda" da Ford. Essa tecnologia já é utilizada em aviões e equipamentos esportivos de alto desempenho para criar, como na travessa da Ford, estruturas leves e rígidas.

Além das novidades visuais, o novo EcoSport vai ganhar opção de motor 1.0 EcoBoost de três cilindros e 125 cv (o mesmo do Fiesta Titanium) e substituir os atuais motores Sigma de 1,5 e 1,6 litro pelo 1.5 Dragon, também de três cilindros, mas aspirado.

A transmissão automatizada de dupla embreagem Powershift, por sua vez, deve dar lugar a um câmbio automático convencional de seis marchas.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Carplace
Carplace
Carsale
Carplace
Carsale
Da Redação
Carplace
Carsale
Da Redação
Da Redação
Da Redação
Carsale
Carplace
Carplace
Carsale
Best Cars
Carplace
Carplace
Carsale
Carplace
Da Redação
Carplace
Carsale
Da Redação
Carplace
Carplace
Car and Driver
Carplace
Carplace
Carplace
Carplace
Carsale
Carplace
Da Redação
Carplace
Carsale
Da Redação
Carsale
Carsale
Car and Driver
Carsale
Carplace
Carplace
Best Cars
Car and Driver
Carplace
Carplace
Carplace
Best Cars
Topo