Detroit recebe 735.370 visitantes e supera marca de 2010

CLAUDIO DE SOUZA

Editor de UOL Carros
Em São Paulo

  • Divulgação

    Visitante observa BMW nos mínimos detalhes: Detroit comemora retomada da relevância

    Visitante observa BMW nos mínimos detalhes: Detroit comemora retomada da relevância

A organização do Salão de Detroit, evento anual que é o maior autoshow dos Estados Unidos, divulgou os números da visitação da edição 2011, encerrada no último domingo (23). Passaram pelo salão 735.370 pessoas. No ano passado, foram 714.137. Foi o segundo ano seguido de crescimento, um indício da retomada da indústria automotiva, ou pelo menos do interesse que ela suscita, após os "anos terríveis" de 2008 e 2009, de crise financeira global e quebradeira de montadoras.

Ao longo do salão, 55 novidades, entre carros totalmente inéditos, mudanças de geração ou face-lifts, foram exibidos à imprensa e ao público. Sempre segundo a organização do Naias (North-American International Auto Show), cerca de 5.000 jornalistas, oriundos de 60 países (o representante de UOL Carros entre eles), credenciaram-se para cobrir o evento.

Nos dois dias reservados à visitação por parte de representantes da indústria, nos quais é comum ver funcionários medindo e fotografando os detalhes de carros de montadoras rivais, os visitantes chegaram a 21 mil, contra 16 mil no ano passado. Havia gente de 27 países. Outro crescimento foi no dinheiro arrecadado na noite beneficente, na véspera da abertura ao público: US$ 2,6 milhões, que serão encaminhados para entidades locais de caridade.

Por fim, a edição deste ano cravou a maior visitação numa sexta-feira, que pertencia a 1993, de cerca de 74.900 pessoas. Na sexta 21, 75.320 fãs de carros foram ao Cobo Center -- mal comparando, o Anhembi de Detroit.

O Salão de Detroit deste ano mostrou que a indústria automotiva local recuperou, ao menos em projetos e na aparência, fôlego e ânimo perdidos nos dois anos anteriores. A Ford comemorou a contratação de funcionários e prometeu o Focus elétrico; a Chrysler, no colo da Fiat, mostrou com orgulho o novo 300; e a General Motors bombou o recém-lançado Volt. As datas da edição de 2012 ainda não foram divulgadas.

UOL Cursos Online

Todos os cursos