Melhor Tecnologia/Inovação

Prêmio UOL Carros 2018

Murilo Góes/UOL

Volvo XC40: 177 pontos.

O semi-autônomo mais barato do país

Estamos no final da segunda década do século 21 e o simples ato de ir do ponto A ao ponto B em um automóvel ainda é uma operação arriscada demais, bizarra e infelizmente. Segundo dados recém-publicados pela OMS (Organização Mundial da Saúde), acidentes de trânsito causam a morte de 1,35 milhão de pessoas no mundo ao ano, número que vem aumentando.

No Brasil, ainda temos um trânsito que mata 60 mil pessoas ao ano: estradas são ruins, motoristas são mal instruídos e os carros estão melhorando, mas ainda são, em grande parte, inseguros. Morrem motoristas, mas também motociclistas, pedestres, adultos e crianças.

Segundo a própria OMS, a saída ideal para reduzir mortes no trânsito seria seguir os passos de 48 países altamente desenvolvidos: uma mistura de boa educação, leis rigorosas e carros muito seguros. Algo que nem sempre cabe no dia a dia do mundo real de países em desenvolvimento... como o Brasil.

UOL Carros é pró-avanço e pró-tecnologia e tem acompanhado de perto o desenvolvimento de sistemas autônomos de condução. Já estivemos na sede de marcas pioneiras no assunto, como a sueca Volvo, a alemã Mercedes-Benz, as americanas Ford e General Motors e a japonesa Lexus (braço de luxo da Toyota).

Suecos e japoneses têm uma filosofia interessante para justificar a "perseguição" de sistemas de alta tecnologia para carros: dar mais qualidade de vida aos condutores e, por tabela, à população. A Volvo, especialmente, tem um mote para 2020: "Nenhuma pessoa deverá se ferir seriamente a bordo de um carro da marca fabricado a partir deste ano". É o lema que impulsiona a pesquisa de modelos equipados com os mais avançados sistemas de segurança.

Não é de hoje que o mercado brasileiro de automóveis recebe modelos já equipados com recursos semi-autônomos, que ajudam o motorista a fazer curvas, se manter a distâncias e velocidades pré-selecionadas e seguras de outros carros, obstáculos e mesmo pessoas e, em caso de emergência, podem até parar totalmente -- ou reduzir ao máximo a velocidade -- para evitar maiores danos. É um dos atrativos de carros de luxo, sedãs e SUVs grandes de marcas premium. Mas sempre foram exemplos do que o dinheiro pode fazer, com carros de mais de meio milhão de reais.

Por isso, os jurados do Prêmio UOL Carros 2018 escolheram, com 177 pontos e boa vantagem, o Volvo XC40 como vencedor da categoria "Melhor Tecnologia/Inovação" do ano. É, simplesmente, o carro semi-autônomo mais barato do Brasil. E segurança não tem preço, sobretudo quando é acessível a mais pessoas.

Lançado em abril, o Volvo XC40 chegou repleto de equipamentos, inclusive nas versões mais simples: seis arbags, frenagem automática de emergência, assistente de permanência na faixa, alerta de colisão, seis airbags e Isofix. O valor inicial de R$ 170 mil ainda não é tão barato como gostaríamos, mas o faz se destacar na categoria de SUVs compactos premium, com bom espaço, força no motor, beleza e, sobretudo, pela segurança de carros maiores e ainda mais salgados.

E com R$ 5 mil extras é possível ter o "Pilot Assist", pacote que controla acelerações, frenagens e até permite que o carro faça curvas de raio médio a até 120 km/h por conta própria, por conta. O tal do semi-autônomo. Um opcional mais barato que um sistema de som premium, mas que pode salvar vidas dentro e fora do carro, caso o pior ocorra. Tecnologia do ano, com louvor, e que vai dar o tom para a concorrência em 2019.

ler mais

Sem as mãos

Sistema "Autopilot" está até na versão mais barata

Outros finalistas

  1. 2

    Volkswagen Manual Cognitivo: 145 pontos

    E se o "Manual do Proprietário" fosse algo fácil de pesquisar, de usar? Essa ideia já existe em carros de luxo, com manual digital na tela central. Só que ainda é um desafio para carros que todo mundo pode comprar. Ou não: a Volkswagen lançou a funcionalidade com nome difícil, mas uso fácil ("Manual Cognitivo") com o Virtus -- também chega a Jetta e Tiguan Allspace. É um aplicativo para celular (iOS e Android) que ao ser pareado com o carro é capaz de "conversar" com o usuário, por comandos de voz ou texto, e tirar dúvidas sobre funcionamento do veículo, com 10.000 verbetes.

    Imagem: Divulgação
  2. 3

    Renault K-Commerce: 139 pontos

    Venda 100% online de automóveis ainda engatinha no país e no mundo, mas a Renault foi uma das pioneiras com o "K-Commerce", plataforma lançada em abril para o Kwid. Basta acessar loja.renault.com.br do smartphone, tablet ou computador, escolher versão, pintura, forma de pagamento e local de retirada do Kwid. Para que a compra se concretize, é necessária a aprovação do financiamento, também online. Valor de entrada e condições de financiamento e até avaliação de um carro usado como parte do pagamento são mostradas em telas para escolha.

    Imagem: Divulgação
  3. 4

    Mercedes-Benz EQ Boost: 130 pontos

    Da Fórmula 1, a Mercedes traz a tecnologia EQ Boost (nome comercial para o sistema "híbrido leve" da marca), estreando no novo Classe C 200. Sai o motor 4-cilindros de 2 litros, só a gasolina, de 184 cv, entra o 4-cilindros, 1,5 litro a gasolina, só que pareado a um gerador/alternador elétrico. Também são 184 cavalos, mas em situações de necessidade há 13,6 cv e 16,3 kgfm extras. O consumo cai 10% para o antigo 2.0 por termos um motor menor e mais eficiente. A tecnologia é uma das que promete tomar o mercado em 2019, chegando a outras marcas.

    Imagem: Murilo Góes/UOL
  4. 5

    BMW i3 2019: 129 pontos

    Lançado em 2014 no Brasil, o BMW i3 reinou por muito tempo como único carro 100% elétrico vendido a qualquer pessoa no país. Isso só mudou no Salão do Automóvel, em novembro, com o início das vendas do Renault Zoe. Na linha 2019, que chegou ao país em junho, só sob encomenda, as baterias ganharam 50% em capacidade, de 22 kWh para 33 kWh. Com isso, o i3 roda até 180 km, contra cerca de 130 km do modelo anterior. Com o auxílio do motor 0.6 que funciona como extensor de autonomia, você ganha mais 150 km para rodar.Ganhou ainda retoques visuais.

    Imagem: Divulgação

Prêmio UOL Carros 2018

Com a chancela de ser realizado pela equipe editorial da maior empresa brasileira de conteúdo, tecnologia, serviços e meios de pagamentos digitais, o Prêmio UOL Carros chega à segunda edição prestigiando, mais do que lançamentos do mercado automotivo brasileiro (em oito categorias, incluindo o "Destaque do Ano"), também projetos de mobilidade, ações de sustentabilidade e tecnologias que movimentaram o setor.

São oito categorias definidas pelo voto de júri especializado: "Destaque do Ano" (a principal categoria), "Sustentabilidade", "Mobilidade", "Melhor Tecnologia/Inovação", "Melhor Importado", Melhor SUV Nacional", "Melhor SUV Importado" e "Melhor Picape". Em cada categoria, são cinco finalistas.

O júri

Tendo a jornalista e apresentadora Millena Machado como mestre-de-cerimônias, o Prêmio UOL Carros 2018 reuniu ainda executivos, engenheiros e assessores das principais empresas do setor automotivo do país, diretores do UOL e grandes nomes do jornalismo especializado em automóveis. 

Altamente especializado, o júri que definiu o resultado da premiação é composto por nove jornalistas renomados do eixo Rio-SP e também do Nordeste. São eles: Eugênio Augusto Brito (jornalista, editor de UOL Carros, vencedor do prêmio SAE), Andre Deliberato (jornalista, engenheiro, editor-assistente de UOL Carros, vencedor do prêmio SAE), Leonardo Felix (repórter de UOL Carros, vencedor do prêmio SAE), Vitor Matsubara (repórter de UOL Carros), Murilo Góes (editor de imagens de UOL Carros), Joel Leite (colunista de UOL Carros, radialista, especialista em Meio Ambiente e Semiótica), Benê Gomes (jornalista, editor do programa Auto+), Jorge Moraes (jornalista, influenciador digital, editor do Diário de Pernambuco, apresentador, colunista da rádio CBN/PE) e Fernando Miragaya (jornalista, editor do Autorama Podcast, colaborador do UOL, ex-editor dos jornais Globo, Extra, Estadão).

Em cada categoria, os votos de cada jurado foram transformados em pontos, cuja soma e ranqueamento definiram vencedores e demais colocados.

Além disso, em ano de Salão do Automóvel de São Paulo, temos a escolha do "Destaque do Salão do Automóvel 2018". É uma categoria singular, por contar com o voto popular diretamente no estande de UOL Carros.

Ampliado e melhorado

André Vinicius, diretor executivo de Publicidade do UOL, ressalta o maior porte da premiação de 2018. 

"Estar fazendo o Prêmio UOL Carros com esta dimensão e grandiosidade e poder materializar a relevância de UOL Carros no setor automotivo, como principal veículo digital de produção de conteúdo do Brasil, é muito importante", afirmou.

Diretor de Conteúdo do UOL, Murilo Garavello apontou ainda os números recordes de audiência, que reiteram a liderança como maior empresa de conteúdo, tecnologia, serviços e meios de pagamentos digitais, bem como de UOL Carros: "Neste mês [de outubro] tivemos recorde de audiência de UOL Carros, com eventos como o Salão do Automóvel, passando de 10 milhões de acesso no mês, e também batemos recorde incrível em outubro com a maior audiência da história do UOL, com 102 milhões de visitantes únicos".

Segundo o diretor, "é adequado que o Prêmio UOL Carros esteja deste tamanho e que próxima [edição do prêmio] seja bem maior".

Todos os vencedores

Os melhores do setor automotivo

Categorias do Prêmio UOL Carros

  • Destaque do Salão de SP

    McLaren Senna: carro de R$ 8 milhões é eleito pelo público

    Imagem: Murilo Góes/UOL
  • Sustentabilidade

    Vencedor: Toyota - Híbrido Flex: 196 pontos. 2º HPE/Mitsubishi - Pró Verde/Pró Brasil: 146. 3º FCA/Tamar: 138. 4º GM - Fábrica Verde de Gravataí (RS): 127. 5º Volkswagen - Gestão Energética de SBC (SP): 113.

    Imagem: Murilo Góes/UOL
  • Mobilidade

    Vencedor: Eletrovia Rio-SP: 182 pontos. 2º Eletrovia PR: 159. 3º Projeto Biomob: 148. 4º Ford Accessibility Mat: 125. 5º Eletropontos Volvo: 106.

    Imagem: Divulgação
  • Melhor Tecnologia/Inovação

    Vencedor: Volvo XC40, semi-autônomo mais barato do Brasil: 177 pontos. 2º Volkswagen Manual Cognitivo em aplicativo no celular: 145. 3º Renault K-Commerce, venda online do Kwid: 139. 4º Mercedes-Benz EQ Boost, motor com sistema "mild-hybrid" do novo Classe C: 130; 5º BMW i3 2019, carro elétrico remodelado: 129.

    Imagem: Murilo Góes/UOL
  • Melhor SUV Importado

    Vencedor: Volkswagen Tiguan  Allspace. Outros finalistas: Jaguar E-Pace; Lifan  X80; Mitsubishi Eclipse Cross; Porsche Cayenne.

    Imagem: Arte UOL
  • Melhor SUV Nacional

    Vencedor: Citroën C4 Cactus. Outros finalistas: Caoa Chery Tiggo 2; Ford Ecosport  Storm; Honda HR-V 2019; Jeep Renegade 2019.

    Imagem: Arte UOL
  • Melhor Picape

    Vencedor: Volkswagen Amarok V6. Outros finalistas: Chevrolet S10  Midnight; Fiat Toro Endurance; Nissan Frontier 2019; Toyota Hilux 2019.

    Imagem: Arte UOL
  • Melhor Importado

    Vencedor: Ford Mustang. Outros finalistas: BMW X2; Peugeot 5008; Volkswagen Jetta 2019; Volvo XC40.

    Imagem: Arte UOL
  • Destaque do Ano

    Vencedor: Toyota Yaris. Outros finalistas: Citroën C4 Cactus; Fiat Cronos; Ford Ka 2019; Volkswagen Virtus.

    Imagem: Arte UOL

Curtiu? Compartilhe.

Topo