Topo

Carros elétricos


GM investe US$ 300 milhões nos EUA para ampliar família do elétrico Bolt

Divulgação
Fábrica do Bolt, em Orion (Michigan), receberá mais um projeto de modelo elétrico até 2023 Imagem: Divulgação

Em Detroit (EUA)

2019-03-22T12:41:31

22/03/2019 12h41

A General Motors anuncia nesta sexta-feira (22) planos de investir mais US$ 300 milhões (quase R$ 1,2 bilhão) na fábrica de Orion, na região metropolitana de Detroit, que já constrói veículos elétricos e autônomos para a Chevrolet. Esse novo aporte faz parte de um plano total de US$ 1,8 bilhão (quase R$ 7 bilhões) e vai empregar mais 700 pessoas diretamente, além de uma rede indireta de 28 mil pessoas em seis Estados, informa a empresa.

A maior montadora dos Estados Unidos anunciar que planeja construir em Orion um novo veículo elétrico para a Chevrolet, derivado da plataforma do Bolt (elétrico) e do Cruise AV (um Bolt autônomo que ainda está em desenvolvimento), mas com especificações mais avançadas.

Os executivos da empresa argumentam que o novo EV -- originalmente considerado para uma das fábricas chinesas da GM -- está sendo construído nos Estados Unidos por causa do novo acordo comercial que ainda está aguardando a aprovação do Congresso dos EUA.

Os executivos da GM também endossam um acordo revisado de livre comércio da América do Norte conhecido como USMCA, disseram fontes.

GM rebate Trump

A GM sofreu duros ataques do presidente Donald Trump sobre sua decisão de encerrar a produção do Cruze na fábrica de Lordstown, Ohio.

A presidente global da GM, Mary Barra aproveitou o anúncio para rebater as acusações de Trump: "Estamos contentes de trazer investimentos e empregos para os Estados Unidos. A GM vai continuar investindo nos EUA, onde quer que enxerguemos oportunidades para crescimento. Este novo carro elétrico da Chevrolet é mais um passo positivo dentro de nossa política de comprometimento com um futuro elétrico".

A fábrica Orion Township está programada para começar a construir uma nova geração de veículos elétricos e autônomos, usando a arquitetura BEV3 dedicada da GM, mas não antes de 2023, disse uma outra fonte.

A GM informou há um ano que investiria US$ 100 milhões para modernizar a planta Orion antes da produção comercial do Cruise AV no final de 2019.

A rival Ford anunciou esta semana que planeja expandir sua fábrica de Flat Rock, nos arredores de Detroit, para adicionar a produção de veículos elétricos, um investimento de mais de US$ 850 milhões, que deve adicionar 900 postos de trabalho. Os primeiros veículos autônomos da Ford serão montados nas proximidades, em um local ainda não revelado.

#Avaliação: Chevrolet Bolt é o melhor carro da GM; veja como anda

UOL Carros

Mais Carros elétricos