Carros

Honda cancela início de produção da fábrica de Itirapina, em SP

Murilo Góes/UOL
Apesar da suspensão momentânea da produção em Itirapina, Honda HR-V é sucesso Imagem: Murilo Góes/UOL

Alberto Alerigi Jr.

Em São Paulo (SP)

30/10/2015 16h50

A Honda anunciou nesta sexta-feira (30) que decidiu suspender o início da produção de sua segunda fábrica de automóveis no Brasil -- em Itirapina, no interior de SP --, que estava prevista para começar no primeiro semestre de 2016. O motivo? "A fraqueza do mercado interno".

A companhia investiu R$ 1 bilhão na unidade, que ficou pronta no primeiro semestre deste ano e estava desde então passando por fase de testes.

Para a fábrica, a marca chegou a contratar cerca de 120 funcionários, que serão mantidos. A capacidade nominal é de 120 mil veículos/ano e o plano da empresa era iniciar a produção pelo compacto Fit para desafogar a fábrica de Sumaré, também em São Paulo.

"Voltamos quando o mercado melhorar"

Por meio de um comunicado, a empresa afirmou que "se mantém alerta diante das dificuldades atuais do segmento automotivo e que espera, para 2016, manter o mesmo nível de volume deste ano, que poderá ser suprido pela fábrica de Sumaré (SP)". A empresa disse ainda que "a unidade estará pronta para começar a produzir em massa assim que houver melhor previsibilidade do mercado".

As vendas de veículos novos no Brasil acumulam queda de 23% este ano, até o fim de setembro, sobre o mesmo período do ano passado. São apenas 1,95 milhão de unidades. A Honda, porém, viu suas vendas subirem 17,4% nos primeiros nove meses deste ano, a 112,5 mil unidades, apoiada principalmente pelo SUV HR-V, um sucesso de mercado, segundo dados da associação de montadoras, Anfavea, e de concessionárias, Fenabrave.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Topo