Topo

Carros

Anfavea piora estimativa de vendas em 2015 para queda de até 24%

Wesley Santos/Folhapress
Pátio da fábrica da GM em Gravataí (RS) está tão lotado que fabricante tem de armazenar carros até no estacionamento do autódromo de Tarumã, na vizinha Viamão Imagem: Wesley Santos/Folhapress

<br>Alberto Alerigi Jr.

Em São Paulo (SP)

29/09/2015 10h56

O presidente da Anfave (associação das montadoras), Luiz Moan, aumentou mais uma vez a previsão de queda nas vendas de carros novos para este ano, desta vez para patamar "entre 23% e 24%" em relação a 2014.

A informação foi dada a jornalistas durante um fórum que envolve diversas entidades do setor. Antes, a estimativa de recuo estava em 20,6%

Segundo o executivo, os novos índices indicam que a melhora do mercado só deve começar no final de 2016. "Estamos fazendo a revisão das previsões neste momento. Dados de setembro estão mostrando queda (de vendas) sobre agosto", disse Moan.

O diretor evitou comentar sobre o nível de produção, mas no início do mês tinha afirmado que a expectativa da entidade era de queda em setembro ante agosto, seguida por outro recuo em outubro.

No acumulado dos oito primeiros meses do ano, a recessão já chega a 20,4%. Diferentemente de anos anteriores, em que as vendas aceleraram no segundo semestre, em 2015 o fenômeno que se vê é de queda contínua, incluindo a média diária de vendas.

Segundo dados da agência parceira AutoInforme, a primeira quinzena de setembro registrou menos de 9 mil unidades emplacadas a cada dia útil. 

Mais Carros