Carros

Chefe financeiro da Volkswagen se tornará presidente do Conselho

03/09/2015 16h08

BERLIM (Reuters) - O chefe financeiro da Volkswagen, Hans Dieter Poetsch, deve se tornar o próximo presidente do Conselho de Administração da empresa, colocando a maior montadora da Europa a caminho de águas mais calmas após facções rivais, incluindo o patriarca Ferdinand Piech, terem se unido para apoiá-lo.

A empresa tem buscado um sucessor permanente para Piech, que deixou o posto em abril após conflitos com o presidente-executivo, Martin Winterkorn, sobre estratégia, mas ainda detém influência por meio da holding de sua família.

Um dia após propor estender o contrato do presidente-executivo em dois anos até o fim de 2018, os comitês executivo e de nomeação do Conselho Supervisor da empresa propuseram eleger Poetsch, de 64 anos, como presidente do Conselho.

A Porsche Automobil Holding, que tem 51 por cento da Volkswagen, disse que Poetsch tem o apoio inequívoco do Conselho Supervisor - que inclui Piech. Winterkorn também apoiou a iniciativa de promover Poetsch, disse uma fonte familiarizada com a visão da empresa.

"Isso é uma boa notícia", disse Arndt Ellinghorst, da empresa de análise Evercore ISI, citando a compreensão clara de Poetsch dos problemas financeiros da VW. "Poetsch tem advogado por um crescente foco em consolidar o negócio da VW após uma era de fusões e aquisições".

(Por Andreas Cremer)

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Topo