Topo

Carros

Neto de Porsche deixa Volkswagen após disputa com presidente do grupo

Sean Gallup/Getty Images
Martin Winterkorn, homem-forte da Volkswagen, e Ferdinand Piech, neto de Porsche e presidente do conselho fiscal, dividiam forças no grupo; não mais... Imagem: Sean Gallup/Getty Images

<br>Maria Sheahan

De Frankfurt (Alemanha)

25/04/2015 14h21

O presidente do conselho fiscal da Volkswagen, Ferdinand Piech, deixou o cargo neste sábado (25) após perder uma disputa provocada por ele com o presidente-executivo do grupo Martin Winterkorn.

Piech, figura dominante na VW por mais de duas décadas, neto do inventor do Fusca, Ferdinand Porsche, e acionista da Porsche, também deixou o cargo de membro do conselho fiscal e de outros mandatos no grupo Volkswagen com efeito imediato, informou a montadora.

O vice-presidente do Conselho, Berthold Huber, irá assumir temporariamente até a eleição de um novo presidente, disse a Volkswagen, acrescentando que a mulher de Piech, Ursula, também deixou seus cargos no grupo.

A disputa pelo comando da Volks ficou evidente este mês quando a revista "Der Spiegel" citou Piech, patriarca de 78 anos da família e que detém 51% dos direitos de voto na VW, dizendo que tinha se "distanciado" de Winterkorn.

O comentário foi feito em um momento em que a VW está cortando bilhões de euros em custos e modernizando estruturas para impulsionar a lucratividade, tendo registrado dificuldades com desempenho ruim nos Estados Unidos e lucratividade em declínio em sua divisão de automóveis.

As tensões entre Piech e Winterkorn pareciam ter diminuído uma semana atrás quando os membros seniores do Conselho Fiscal apoiaram o presidente-executivo, deixando Piech isolado e forçando o executivo a concordar com a publicação de um comunicado conjunto em apoio a Winterkorn.

Mais Carros