Carros

Vendas da Volkswagen em dezembro sobem 2,7% com ajuda de China e Europa

12/01/2015 07h17

DETROIT (Reuters) - A alemã Volkswagen disse no domingo que suas vendas globais em dezembro subiram 2,7 por cento, para 881 mil veículos, com o crescimento mais rápido na China e Europa compensando o recuo de vendas nos Estados Unidos e na América Latina.

A VW, cujas marcas incluem a divisão de luxo Audi e a fabricante de carros esportivos Porsche, elevou as entregas no acumulado do ano em 4,2 por cento, para 10,14 milhões de automóveis, atingindo uma meta traçada em 2007 quatro anos antes do planejado originalmente. O total inclui ainda carros para passageiros, utilitários esportivos, vans leves comerciais e caminhões pesados.

Aumentos de vendas de 12 por cento na China e de 5,1 por cento na Europa compensaram quedas de 2 por cento nos Estados Unidos e de 20 por cento na América Latina, disse a Volkswagen.

O maior grupo automotivo da Europa já havia superado a General Motors em 2013 para se tornar a segunda maior fabricante de carros do mundo, atrás da Toyota. A empresa alemã almeja destronar sua rival japonesa no mais tardar em 2018.

(Por Andreas Cremer)

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo