Carros

Venda de carros e comerciais leves novos no Brasil tem alta em dezembro, dizem fontes

02/01/2015 16h22

SÃO PAULO (Reuters) - A indústria de veículos do Brasil terminou dezembro com vendas maiores nas comparações anual e mensal, segundo dados preliminares informados nesta sexta-feira por fontes do setor.

Os emplacamentos de carros e comerciais leves no mês passado somaram cerca de 354 mil unidades, ante aproximadamente 336 mil em dezembro de 2013.

O movimento teve contribuição da expectativa de consumidores para não prorrogação da alíquota menor do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), que subiu aos patamares normais desde o primeiro dia de 2015.

No caso dos modelos 1.0, o imposto foi elevado de 3 para 7 por cento. No caso dos carros com motores até 2.0 que funcionam com gasolina e etanol a alíquota subiu de 9 para 11 por cento.

O volume vendido em dezembro correspondeu a uma alta média por dia útil, de cerca de 16 mil carros e comerciais leves, segundo informaram as fontes. Em novembro, a média havia sido de 15 mil unidades, segundo dados da associação que representa o setor, Anfavea.

Na comparação com novembro, as vendas de dezembro também foram maiores, em cerca de 26 por cento.

O movimento deve ter contribuído para redução dos estoques do setor, que em novembro atingiram um pico em 2014 de 414,3 mil veículos, segundo dados da Anfavea no mês passado. A entidade anuncia números oficiais do setor na próxima quinta-feira.

Com o resultado preliminar de dezembro, a indústria apurou vendas em 2014 de cerca de 3,332 milhões de carros e comerciais leves, queda de 6,8 por cento sobre os emplacamentos de 2013, quando as vendas do segmento já tinham amargado queda sobre o ano anterior.

A Fiat, do grupo FCA, vendeu cerca de 67 mil carros e comerciais leves em dezembro, encerrando 2014 novamente na liderança do segmento, com emplacamentos de 698,2 mil unidades.

A Volkswagen licenciou aproximadamente 61 mil veículos em dezembro, fechando o ano passado com vendas de 576,7 mil unidades. Já a General Motors teve emplacamentos de cerca de 58 mil carros e comerciais leves, acumulando um total de 578,9 mil unidades no ano passado, informaram as fontes.

A Ford teve vendas de cerca de 36 mil carros e comerciais leves em dezembro, somando no ano 308 mil unidades. Hyundai e Renault fecharam 2014 quase empatadas, com vendas de cerca de 237 mil unidades cada, disseram as fontes.

(Por Alberto Alerigi Jr.)

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo