Carros

Vendas da Audi na China sobem 13% em setembro com demanda por SUVs

06/10/2014 08h38

BERLIM (Reuters) - A Audi disse nesta segunda-feira que as vendas na China, o maior mercado para a marca de luxo alemã, aumentaram 13 por cento em setembro diante da demanda por utilitários esportivos.

A principal divisão de luxo da montadora Volkswagen entregou 51.614 automóveis de passageiros e SUVs no mês passado. As vendas nos nove primeiros meses do ano subiram 16 por cento, para 415.704 unidades, alimentadas pelos modelos SUVs Q3 e Q5.

A Audi espera que as vendas na China subam para cerca de 550 mil automóveis neste ano, segundo afirmou o presidente-executivo Rupert Stadler na semana passada, durante o salão do automóvel de Paris. Se atingida, a marca representará um aumento de cerca de 12 por cento sobre as 492 mil unidades do ano passado.

(Por Andreas Cremer)

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo