Carros

Renault busca parceiro financeiro para retomar negócio no Irã

19/06/2014 12h56

ISTAMBUL (Reuters) - A montadora francesa Renault está buscando um parceiro financeiro para retomar as operações no Irã e discute o assunto com os governos dos Estados Unidos e da França, disse um de seus executivos sêniores.

A Renault tende a começar a fabricar e vender veículos novamente no Irã com os parceiros locais Iran Khodro e Pars Khodro para reconstruir a significativa participação de mercado que possuía antes de sanções internacionais terem sido tomadas contra Teerã em 2011.

A também francesa PSA Peugeot Citroën também quer elevar as vendas no Irã, que analistas afirmam ter potencial para um mercado automobilístico rentável e de rápido crescimento, podendo exceder 2 milhões de veículos anuais com uma melhora diplomática sustentável.

"O que estamos buscando é um parceiro financeiro, que também se adeque à regulação internacional e nos permita retomar nossas atividades no Irã", disse o vice-presidente de desempenho da Renault, Jerome Stoll, em entrevista a agências de notícias na quarta-feira.

Stoll disse que a companhia foi abordada por bancos turcos e internacionais em relação ao assunto.

(Por Evren Ballim)

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo