Carros

GM irá buscar proteção judicial contra processos por falha em ignição

Sweta Singh

Em Detroit (EUA)

16/04/2014 11h28

A General Motors afirmou que irá pedir a um tribunal de falências dos Estados Unidos para barrar o prosseguimento de ações judiciais contra a montadora por reclamações relacionadas a quaisquer ações antes da companhia ter entrando em concordata em 2009.

Os reclamantes alegam que compraram ou alugaram veículos que continham defeitos na chave de ignição. O defeito foi relacionado à morte de pelo menos 13 pessoas e resultou em um recall de 2,6 milhões de veículos. O problema virou até caso de CPI nos EUA.

Em um documento à Corte Distrital do país norte-americano nesta terça-feira (15), a GM pediu formalmente a suspensão de litígios relacionados a reclamações sobre a ignição até que um painel judicial em litígio multidistrital decida sobre a consolidação das reivindicações -- e que o tribunal de falências decida se as reivindicações violam a ordem de venda na falência da GM em 2009.

A GM de joelhos

  • 1º de abril

    Na CPI, GM promete "compensar vítimas"

  • 1º de abril

    GM anuncia recall do Malibu, o 13º do ano

  • 28 de março

    Sem dar motivos, GM paralisa vendas do Cruze turbo nos EUA

  • 19 de março

    Atenções se voltam a Toyota e multa de US$ 1,2 bilhão e caso "esfria"

  • 18 de março

    CPI é convocada e GM nomeia chefe de segurança

  • 17 de março

    Sob pressão, presidente da GM encarna "mãezona" na TV

  • 17 de março

    Após acusação, GM faz recall de outra linha: 1,6 milhão de carros

  • 13 de março

    Um mês após recall de 1,7 milhão, seguradoras acusam GM de provocar mortes

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo