Carros

Fiat-Chrysler promete entregar mais de 6 milhões de carros em 2018

EFE
Sergio Marchionne, presidente da Fiat-Chrysler, se mostra confiante com aliança Imagem: EFE

Em Turim (Itália)

31/03/2014 11h29

A Fiat-Chrysler (agora conhecida como FCA) terá capacidade de produzir mais de 6 milhões de carros por ano até 2018, disse o presidente-executivo do grupo ítalo-americano, Sérgio Marchionne, nesta segunda-feira (31).

"Em 2018, a Fiat será capaz de fabricar mais de 6 milhões de veículos (por ano)", afirmou o CEO a jornalistas após uma reunião de acionistas em Turim.

O executivo também comentou que o grupo FCA pode não ter que precisar vender ativos para financiar seu plano industrial de vários anos. Segundo ele, os planos de investimento poderão ser financiados por uma nova dívida.

Marchionne também disse que a Fiat não fará a cisão de sua participação na editora italiana RCS Mediagroup antes de uma planejada listagem em Wall Street. Com participação de 20,6%, a Fiat é a principal acionista na RCS, a editora do principal diário italiano, o Corriere della Sera.

"Tecnicamente, se olharmos para a estrutura hoje, eu não venderia ativos. O aumento de capital com algum tipo de instrumento ainda está na mesa", avisou. "Temos muita assessoria de Wall Street afirmando que não temos que vender ativos ou elevar capital... podemos executar puramente financiando isso com dívida", completou.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo