Carros

Aliança entre Peugeot e Dongfeng tem Brasil como possível mercado


Norihiko Shirouzu

Em Pequim (China)

28/03/2014 08h10Atualizada em 28/03/2014 14h08

O presidente do Conselho da chinesa Dongfeng, Xu Ping, declarou nesta sexta-feira (28) que a cooperação com montadora francesa PSA Peugeot Citroën não se limitará à região da Ásia-Pacífico, e que o Brasil é um possível mercado futuro, junto com a Rússia.

A região da Ásia-Pacífico é apenas um "ponto de partida para a colaboração entre as duas empresas", afirmou Xu Ping em uma coletiva de imprensa em Pequim. As companhias assinaram oficialmente uma aliança no início desta semana que vai promover uma necessária injeção de recursos na montadora francesa.

As duas empresas, que têm uma joint venture bem estabelecida na China, anunciaram que vão aprofundar seus negócios no país, planejando triplicar as vendas totais para 1,5 milhão de veículos em 2020. Elas também pretendem marcar presença em conjunto no Sudeste Asiático.

Montadoras chinesas, incluindo a Dongfeng, aumentaram a expansão no exterior por meio da construção de fábricas em outros países e da compra de participações em combalidas montadoras estrangeiras.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo