Carros

Vendas nos EUA caem menos do que o esperado em fevereiro


Bernie Woodall e Ben Klayman

Em Detroit (Estados Unidos)

03/03/2014 14h05Atualizada em 03/03/2014 17h45

A queda nas vendas de veículos nos Estados Unidos em fevereiro não foi tão desastrosa quanto os analistas esperavam. Pesquisa da Reuters com 34 analistas mostrou uma expectativa de estabilidade para o mercado americano no último mês, uma vez que a continuação do severo clima frio manteria os compradores longe das concessionárias.

Entretanto, as montadoras conseguiram promover campanhas de estímulo e minimizaram as perdas. Segundo a empresa de pesquisa TrueCar, só a média de descontos oferecidos na compra do carro zero subiu para US$ 2.663 (R$ 6.212), um aumento de 5% perante fevereiro de 2013 e 3,3% no comparativo com janeiro deste ano.

Como consequência, a General Motors, maior fabricante do país, anunciou que os emplacamentos recuaram meros 1% em comparação com o segundo mês de 2013, para 222.104 unidades, contra previsões de até 6%. Já a Ford ficou ligeiramente acima do esperado, com vendas em 183.947 e queda de 6%.

John Felice, diretor de vendas da Ford nos EUA, afirmou que o mês começou devagar, mas embalou na última semana e serviu como um "bom impulso" para março, quando as temperaturas no país devem melhorar.

 

Mais Carros

Topo