Carros

Panasonic estuda investir R$ 2,2 bi em fábrica de bateria para a Tesla


Sagarika Jaisinghani, Ben Klayman e Reiji Murai

Em Tóquio (Japão)

26/02/2014 10h57

A Panasonic está planejando investir em uma fábrica de baterias para carros nos Estados Unidos, numa parceria com a Tesla. A informação é de fontes conhecimento do projeto. Segundo uma delas, o investimento total foi estimado em cerca de 100 bilhões de ienes (R$ 2,28 bilhões).

Segundo o jornal econômico Nikkei, a marca de eletrônicos também está convidando diversos fabricantes japoneses para investir no projeto. O periódico também informou que a fábrica produzirá baterias pequenas e leves, sendo também fornecedora da Toyota e outras montadoras.

A fábrica deve entrar em operação em 2017 e faz parte dos esforços da Tesla para ofertar veículos elétricos mais acessíveis. Ela será a primeira grande e integrada unidade americana a produzir células de bateria para carros elétricos.

Procurada, a Tesla não quis comentar o assunto. Já a Panasonic, que é fornecedora primária de baterias de íon-lítio para a montadora, disse que deseja ampliar sua cooperação com a fabricante, mas não quis entrar em detalhes.

Os custos de bateria têm sido um grande obstáculo para uma maior adesão aos carros elétricos nos Estados Unidos, segundo analistas. A fábrica da Tesla reduzirá os custos ao realocar a produção de materiais, células e módulos para um único local.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo