Carros

Hyundai nomeia novo presidente de P&D e quer levantar reputação

Stringer South Korea/EFE
Imagem: Stringer South Korea/EFE


Hyunjoo Jin

Em Seul (Coreia do Sul)

27/12/2013 09h14Atualizada em 27/12/2013 12h35

A fabricante sul-coreana Hyundai e sua afiliada Kia nomearam Kim Hae-jin como novo presidente da divisão conjunta de pesquisa e desenvolvimento, um mês depois que o chefe anterior, Kwon Moon-sik, renunciou por problemas de qualidade.

O novo ocupante tem 56 anos e já atuou como chefe do desenvolvimento de motores e transmissões, além de ter gerenciado o controle de qualidade do próprio setor de P&D. Hae-jin terá a árdua tarefa de ajudar a restaurar a reputação do grupo na área, conforme explicou o grupo em comunicado oficial nesta sexta-feira (27). "O objetivo é solidificar nossa gerência de qualidade", diz o texto. 

Só em abril deste ano, Hyundai e Kia, que compartilham peças e plataformas, fizeram um megarecall em quase 1,7 milhão de veículos nos Estados Unidos, por possíveis falhas em interruptores de freio. Pouco depois, em setembro, 600 mil unidades na Coreia do Sul foram convocadas pelo mesmo problema.

De acordo com relatório oficial de 2012, a Hyundai gastou no ano passado 1,63 trilhão de wons (R$ 3,62 bilhões) em P&D, o que equivale a 1,9% da receita. Em comparação, a BMW AG, por exemplo, investiu 3,99 bilhões de euros (R$ 12,86 bilhões) nesse mesmo período, ou 5,2% de sua receita.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo