Carros

Conselho da Ford quer definição de CEO sobre possível saída

Murilo Góes/UOL
Imagem: Murilo Góes/UOL


Deepa Seetharaman, Bernie Woodall, Nadia Damouni e Bill Rigby

Em Detroit e Nova York (Estados Unidos)

12/12/2013 11h54Atualizada em 12/12/2013 13h51

O Conselho Administrativo da Ford pretende aumentar a pressão sobre o diretor executivo da companhia, Alan Mulally, em busca de uma decisão sobre seu futuro na montadora. O motivo é a especulação, cada vez mais crescente, de que o executivo de 68 anos foi convidado para assumir a mesma função na Microsoft.

De acordo com fontes próximas à gigante de tecnologia, Mulally é um dos poucos candidatos na disputa pelo cargo e, nas vezes em que indagado sobre os rumores, o executivo jamais tentou desmenti-los.

Tal postura tem aborrecido alguns conselheiros da Ford, que querem cobrar mais clareza acerca da situação, conforme relataram duas fontes à Reuters. "Isso está ofuscando o resto da história. As pessoas não estão escrevendo sobre o Mustang ou sobre os lucros, mas sim sobre Mulally", reclamou uma delas.

Para definir a forma de pressionar o diretor, e até mesmo debater uma possível antecipação de sua saída do cargo, o conselho agendou uma reunião para esta quinta-feira, em Detroit (Estados Unidos). Ainda não está claro se Mulally, que é membro, estará presente no encontro. Caso não esteja, os conselheiros devem levar a questão a ele até a próxima semana.

A Microsoft não quis comentar o assunto, enquanto um porta-voz da Ford repetiu declarações anteriores da empresa, de que Mulally fica no cargo até 2014.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo