Topo

Carros

Hyundai prioriza qualidade, mesmo podendo perder mercado na Europa

<br>Edward Taylor

Em Frankfurt (Alemanha)

10/12/2013 15h25

O vice-presidente de operações da Hyundai Motor Europe, Allan Rushforth, declarou nesta terça-feira (10) que a montadora sul-coreana prefere priorizar a qualidade de suas operações em detrimento da manutenção do atual percentual de participação no mercado do continente, apesar dos projetos de expensão.

Atualmente, a fabricante é responsável por cerca de 3,5% dos emplacamentos em solo europeu, e tem unidades de produção e desenvolvimento na Alemanha, República Tcheca e Turquia. Para 2014, a expectativa é de um crescimento proporcional à recuperação de todo o setor automotivo, perto da casa de 3%.

"Nosso principal objetivo é continuar melhorando a qualidade das nossas operações, mesmo que isso signifique que não sejamos capazes de sustentar a nossa participação de mercado", declarou o vice-presidente da divisão europeia, em entrevista coletiva concedida em Frankfurt (Alemanha).

A abordagem cautelosa da Hyundai vem à tona poucos dias depois de a rival General Motors, dos Estados Unidos, anunciar que a marca Chevrolet deixará de atuar no Velho Continente até o final de 2015.

Nos próximos quatro anos, a empresa asiática pretende lançar 22 novos produtos, muitos deles do segmento compacto. Até 2017, os planos da companhia são produzir 90% dos carros que são colocados à venda na Europa -- e 70% dos componentes desses veículos -- no próprio continente.

Mais Carros