Carros

Toyota divulga aumento de 41% nas vendas para a China em novembro


Em Pequim (China)

02/12/2013 08h46

A Toyota e suas duas parceiras locais, a FAW Group e a Ghangzhou Automobile Group, venderam juntas aproximadamente 89.800 veículos na China em novembro, um aumento de 40,7% em relação ao mesmo período de 2012, divulgou a montadora japonesa nesta segunda-feira.

A fabricante já havia dado sinais fortes de recuperação nos dois últimos meses, quando registrou saltos respectivos de 63,5% em setembro e 80,6% em outubro, sempre no comparativo com o mesmo mês do ano anterior.

Entretanto, esses crescimentos tão expressivos se devem a uma fraca base de comparação, já que, em 2012, uma disputa territorial entre Pequim (China) e Tóquio (Japão) fizeram recrudescer sentimentos de animosidade entre os dois países, promovendo quedas vertiginosas nas vendas de automóveis nipônicos.

Em agosto deste ano, representantes da Toyota haviam previsto que tanto a marca quanto suas joint-ventures estavam  a caminho de terminar 2013 com mais de 900 mil unidades comercializadas, o que representaria um aumento de 7,1% ante o ano passado. Nos primeiros 11 meses, e estatística chegou a 809 mil, o que perfaz até agora um crescimento de 7,9%.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo