Topo

Carros

GM sobe nível da Colorado no relançamento em Los Angeles

<br>Ben Klayman

Em Los Angeles (Estados Unidos)

20/11/2013 12h08

Apostando no desejo dos consumidores americanos por algo diferente dos carros e veículos utilitários já existentes, a GM quer impulsionar a demanda pela Chevrolet Colorado, picape média que voltará a entrar no mercado dos Estados Unidos no segundo semestre de 2014.

Durante o primeiro ciclo do modelo, as vendas atingiram o pico em 2005, com pouco mais de 128 mil unidades. No entanto, o declínio de popularidade e a necessidade de economizar dinheiro durante o período de falência, em 2009, obrigaram a montadora a aposentar a picape. 

Agora, a GM prevê um retorno lucrativo da Colorado -- que nunca deixou de ser produzida no exterior -- porque o segmento foi abandonado por suas rivais Ford e Chrysler. "Nós sinceramente acreditamos que, a partir de toda a pesquisa que fizemos, há um grande número de pessoas à procura de uma picape média", declarou Alan Batey, chefe global da Chevrolet, antes do relançamento, na quarta-feira (20), no Salão de Los Angeles. "O que aconteceu no segmento foi que não havia muita escolha", acrescentou.

Brasil não tem Colorado, tem S10
Veja Álbum de fotos

COLORADO?
Vale uma explicação. Em outros mercados onde continuou viva, a Colorado ganhou uma nova geração e corresponde à picape vendida no Brasil como S10, nome que a GM do Brasil decidiu manter pelo histórico de vendas, ainda que o novo modelo tenha pouco a ver com o anterior. 

Após o lançamento no Brasil, a imprensa americana chegou a noticiar o interesse crescente entre o público americano pelo retorno do modelo ao país. Acontece que a S10, no padrão atual, não seria o suficiente para aplacar a exigência do consumidor local e poderia naufragar -- algo como o ocorrido com a nova geração do sedã Honda Civic ou mesmo com outro Chevrolet, o novo Malibu, ambos reformados às pressas após críticas pesadas. Entrou aí a estratégia de produto da GM americana.

Pegando carona em equipamentos da pesada Silverado, mas também e principalmente em sedãs grandes, a Colorado americana 2015 vai oferecer mais espaço, equipamentos e interior refinado em relação à S10/Colorado global. O visual frontal, por exemplo, abre mão da identidade global (sim, a grade bipartida pela barra proeminente com gravatinha dourada vistas em toda a linha brasileira da marca, da S10 ao Celta) e adota o estilo mais "um andar acima" do novo Malibu reestilizado e do Impala 2014. Por dentro, volante, tela multimídia e padrão de revestimento também mostram que o topo por lá é outro.

Por ora, a S10 brasileira tem vantagem em termos de torque, por usar motores turbodiesel de 200 cavalos e 51 kgfm. A nova Colorado chega com duas opções de motores a gasolina, um quatro-cilindros de 2,5 litros e 193 cv com 26 kgfm e outro V6 de 3,6 litros e 37 kgfm -- esta opção, no entanto, tem 302 cv e deve agradar aos "meninões" americanos que apenas vão usar seu truck na ida à balada. De toda forma, a GM já mandou avisar que também terá sua opção a diesel para a nova Colorado em breve. (Com Redação de UOL Carros)

Salão de Tóquio tem SUV, não picape
Veja Álbum de fotos
GM sobe o nível com Colorado americana
Veja Álbum de fotos

Mais Carros