Topo

Carros

Executivo da Hyundai renuncia por problemas de qualidade

EFE
Hyundai amplia alcance pelo mundo (na imagem, fábrica na Turquia) e enfrenta problemas de qualidade Imagem: EFE

<br>Hyunjoo Jiin

Em Seul (Coreia do Sul)

11/11/2013 10h49

A Hyundai anunciou, nesta segunda-feira (11), que seu presidente de pesquisa e desenvolvimento, Kwon Moon-sik, e dois outros executivos renunciaram aos respectivos cargos por causa de uma série de problemas de qualidade na produção.

Kwon ingressou na companhia logo após a Hyundai e sua afiliada, Kia Motors, admitirem que superestimaram a economia de combustível de mais de 1 milhão de veículos na América do Norte, ocupando o cargo de presidente de pesquisa e desenvolvimento por pouco mais de um ano. A Hyundai ainda não confirmou quem será seu substituto.

Nos últimos meses, a reputação da montadora foi abalada por uma série de recalls convocados na Coreia do Sul, nos Estados Unidos e em outros países, além de diversas reclamações, feitas por consumidores, sobre problemas de qualidade de seus automóveis.

O presidente do conselho do grupo, Chung Mong-koo, a quem é atribuída a responsabilidade pela reformulação dos carros da montadora, tem insistido bastante na questão da qualidade junto aos executivos da empresa, tentando fortalecer a reputação da marca antes de lançar alguns dos modelos mais importantes para a fabricante. Filho do fundador da Hyundai, Chung é conhecido por demitir executivos abruptamente, recontratando alguns deles posteriormente.

Mais Carros