Carros

Hyundai amplia recall do Genesis à Coreia por problema no freio

Divulgação
Genesis chegou ao Brasil no começo de 2012 e pode participar de recall, caso a Hyundai-Caoa confirme Imagem: Divulgação

Ben Klayman
Hyunjoo Jin

Em Detroit (EUA) e Seul (Coreia do Sul)

22/10/2013 11h23

A Hyundai afirmou nesta terça-feira (22) que expandirá um recall nos EUA de cerca de 27.500 Genesis para a Coreia do Sul e outros mercados, para solucionar um possível problema com freios. A marca também se prepara para revelar uma nova versão do sedã no mês que vem.

A empresa disse que está fazendo o recall dos carros, que foram fabricados entre 1º de abril de 2008 e 16 de março de 2012, para substituir o fluido de freio. A empresa não quis especificar os outros países que poderiam ser afetados.

A Hyundai já havia iniciado uma campanha de serviço em março para substituir o fluido de freio nos carros afetados conforme eram trazidos às concessionárias. O fluido havia sido trocado em cerca de 60% dos veículos, ou 40.000 carros, disse um porta-voz.

No entanto, após saber que os reguladores de segurança dos EUA havia aberto uma investigação sobre cerca de 40.000 carros Genesis, ano-modelo 2009, a Hyundai decidiu fazer o recall do restante. Cartas serão enviadas aos proprietários afetados a partir do próximo mês.

Os proprietários serão instruídos a levar seus carros para concessionárias da Hyundai para inspeções no freio e para substituição do fluido do freio, por um fluido que contém um aditivo anticorrosivo, segundo o porta-voz da Hyundai. O serviço será gratuito para os proprietários.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo