Carros

Continental está menos otimista depois de desaceleração nas vendas

Andreas Cremer

Em Berlim (Alemanha)

01/08/2013 09h57

A Continental, fabricante alemã de pneus e autopeças, reduziu sua expectativa de vendas para o ano, culpando a demanda menor que a esperada para pneus de reposição na Europa.

As vendas no ano devem subir para cerca de 34 bilhões de euros (US$ 45 bilhões), disse a empresa nesta quinta-feira, após prever em maio que esse nível seria superado.

"O otimismo diminuiu", disse o vice-presidente financeiro Wolfgang Schaerfer à Reuters.

A Continental reduziu sua expectativa de crescimento para as vendas de pneus de reposição no mercado europeu, que responde por cerca de 60% das vendas da empresa, para 1%, ante 3% previstos anteriormente.

No terceiro trimestre, as vendas provavelmente ficarão estáveis sobre o período de abril a junho, quando subiram 4,3% para 8,54 bilhões de euros, disse a empresa, citando a estabilidade na produção de carros na Ásia e na América do Norte.

Ainda assim, a empresa manteve a perspectiva de manter a margem de lucro operacional acima de 10%, depois de um resultado de 10,8% em 2012.

O lucro ajustado antes de juros e impostos (Ebit) no segundo trimestre subiu 1,5% para 980,7 milhões de euros, acima da expectativa de 972 milhões de euros apontada em uma pesquisa da Reuters.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo