Carros

Chefão da Ford recebe 29% menos por não atingir metas

Reuters
Alan Mulally, presidente da Ford: tudo bem? Imagem: Reuters

Deepa Seetharaman

Em Dearborn (EUA)

15/03/2013 12h14

A Ford disse nesta sexta-feira (15) que a remuneração do presidente-executivo Alan Mulally caiu 29% no ano passado, para cerca de US$ 21 milhões, já que a empresa não atingiu metas de lucro, geração de caixa e fatia de mercado.

O executivo de 67 anos, que lidera a Ford desde 2006, recebeu US$ 2 milhões em salário e cerca de US$ 4 milhões em bônus, disse a empresa num documento anual. O pagamento geral de Mulally em 2011 tinha sido de US$ 29,5 milhões.

Em 2012, a Ford recebeu grau de investimento de duas agências de rating, permitindo que a empresa recuperasse ativos hipotecados para pagar a sua recuperação financeira.

Mas a Ford também teve sua tropeços, principalmente na Europa, onde a empresa perdeu US$ 1,8 bilhão em 2012, punida por uma desaceleração das vendas da indústria de automóveis na região.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo