Carros

Venda de carros e comerciais leves cai 9% em novembro

Moacyr Lopes Junior/Folhapress
Vendas de carros e comerciais leves caíram em novembro; previsão do setor, no entanto, é de alta no ano Imagem: Moacyr Lopes Junior/Folhapress

Alberto Alerigi Jr.

Da Reuters, em São Paulo (SP)

03/12/2012 15h36

As vendas de automóveis e comerciais leves em novembro somaram 296,97 mil unidades, queda de 9,2% sobre outubro e 2,7% sobre o mesmo período de 2011, afirmou nesta segunda-feira (3) uma fonte com acesso aos números de emplacamentos.

A queda na comparação mensal já era esperada pelo setor, após o governo ter renovado do fim de outubro até dezembro de 2012 o desconto do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) que incide sobre veículos e em função de um número de dias úteis menor. Em outubro, os licenciamentos de carros e comerciais leves tinham batido recorde para o mês, a 327 mil unidades.

As vendas de novembro corresponderam a 14.848 carros e comerciais leves emplacados por dia útil. Novembro teve 20 dias úteis ante 22 em outubro. A média diária de novembro de 2011 foi equivalente a 15.263 unidades, segundo a fonte.

Com o resultado do mês passado, as vendas de automóveis e comerciais leves novos no Brasil entre janeiro e novembro acumulam alta de cerca de 6,3% sobre o mesmo período de 2011, a 3,29 milhões de unidades.

OFICIALMENTE
A entidade que reúne as concessionárias do país, Fenabrave, deve divulgar os dados oficiais de vendas ainda nesta segunda-feira. Na próxima sexta-feira, a associação de montadoras, Anfavea, informa dados do setor incluindo produção e exportações.

Segundo a Fenabrave, as vendas de automóveis e comerciais leves em 2012 devem crescer de 4% a 4,8%, para entre 3,56 milhões e 3,59 milhões de unidades. Para cumprir o topo da estimativa, as vendas de dezembro deverão somar pelo menos 300 mil unidades. Em dezembro de 2011, foram vendidos 329,2 mil unidades.

A Fiat encerrou novembro com vendas de 71.332 carros e comerciais leves, numa participação de 24% do total vendido pelo mercado, acima dos 21,7% de um ano antes.

A Volkswagen vendeu 61.744 unidades, numa fatia de 20,8%, ante 19,7% em novembro de 2011. Já GM apurou licenciamentos de 52.639 veículos, com participação caindo de 18,6% para 17,7%, segundo a fonte.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo