Carros

GM abre centro de pesquisa na China que se focará em novas energias

Norihiko Shirouzu

Da Reuters, em Xangai (China)

29/11/2012 11h07

A GM abriu nesta quinta-feira (29), na China, mais um centro de pesquisa, aproveitando os muitos engenheiros no país para desenvolver de a nova geração de carros elétricos.

Um dos principais objetivos da marca com esse novo centro é garantir que as necessidades e preferências do mercado automotivo chinês -- o maior do mundo desde 2009 -- esteja integrado ao desenvolvimento global de veículos da montadora.

As novas instalações em Xangai, no entanto, não se limitarão ao mercado automotivo local e devem desenvolver uma gama de tecnologias para o mercado global, assim como fazem centros de engenharia nos Estados Unidos, Alemanha e Coreia do Sul.

"Há uma grande capacitação na China, com mais formandos em ciências e engenharia do que nos Estados Unidos, Japão e Alemanha juntos", afirmou o diretor do novo centro, John Du.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo