Carros

Honda corta previsão e espera recuperação na China em fevereiro

Yoko Kubota

Da Reuters, em Tóquio (Japão)

29/10/2012 09h03

A Honda cortou sua previsão de lucro líquido anual em 20%, depois de as vendas na China terem sido atingidas por uma reação popular contra produtos japoneses, e alertou que o maior mercado de automóveis do mundo pode não se recuperar até fevereiro.

O corte, provocado por uma queda nas vendas em meio a protestos violentos motivados por uma disputa territorial entre Japão e China, torna provável que montadoras japonesas rivais como Nissan e Toyota vão seguir o exemplo da Honda quando divulgarem seus lucros na próxima semana.

A demanda por carros da Honda, Toyota e Nissan na China caiu em setembro à medida que os ânimos foram exaltados na disputa territorial, com concorrentes como a sul-coreana Hyundai e a alemã BMW aumentando suas participações de mercado. A Toyota disse que suas vendas na China caíram 49% em setembro.

As vendas da Honda e sua joint venture na China caíram 40,5% no mês passado. A China é o segundo maior mercado da Honda, após os Estados Unidos, respondendo por 17% das vendas de 2011.

A empresa teve lucro líquido de julho a setembro de 82,2 bilhões de ienes (US$ 1,03 bilhão), alta de 36,1%, mas abaixo da estimativa média de seis analistas de 107,2 bilhões de ienes, segundo a Thomson Reuters I/B/E/S.

A Honda cortou sua previsão de lucro líquido para o ano terminado em março para 375 bilhões de ienes (US$ 4,7 bilhões), ante 470 bilhões de ienes anteriormente. No ano anterior, a Honda registrou lucro líquido de 211,5 bilhões de ienes,

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo