Carros

Vendas da GM na China sobem 1,7% em setembro

Fang Yan

Da Reuters, em Pequim (China)

08/10/2012 07h43

As vendas da General Motors na China subiram apenas 1,7% em setembro, pouco se beneficiando da queda nas vendas das montadoras japonesas, ao contrário do que aconteceu com as concorrentes europeias e sul-coreanas.

A GM parece ter perdido a oportunidade de ocupar o espaço deixado por Toyota, Honda e Nissan, cujas vendas na China caíram como resultado do sentimento anti-Japão que se alastrou no país em decorrência de uma disputa territorial, disseram analistas.

"Montadoras alemãs e sul-coreanas são as maiores beneficiadas com o revés das japonesas, já que são muito competitivas no segmento de utilitários esportivos", disse o analista John Zeng, da LMC Automotive.

As vendas da Toyota na China caíram 40% em setembro sobre um ano antes, e as da Mazda tiveram retração de 35%.

A BMW, no entanto, teve salto de 55% nas vendas na China no mês passado, enquanto as da Audi subiram 20% e as da Mercedes-Benz, 10%.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo