Topo

Carros

Vendas de veículos desabam 31,4% em setembro ante agosto

Fábio Couto

Da Reuters, no Rio de Janeiro (RJ)

01/10/2012 18h23

RIO DE JANEIRO, 1 Out (Reuters) - As vendas de automóveis, comerciais leves, ônibus e caminhões novos no Brasil em setembro recuaram 31,4 por cento ante agosto, mês tido como recorde de vendas, informou nesta segunda-feira a associação de concessionários, Fenabrave.

A indústria registrou emplacamentos de 288,1 mil unidades no mês passado, depois de apurar em agosto 420,1 mil unidades emplacadas --agosto era o último mês de validade da redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI). O governo decidiu prorrogar a redução do imposto sobre os carros até outubro .

O total de vendas em setembro corresponde ainda a uma queda de 7,55 por cento frente ao mesmo mês em 2011.

No acumulado do ano, a Fenabrave contabilizou 2,79 milhões de veículos, pouco acima dos 2,68 milhões de unidades registradas um ano antes.

Considerando a participação de mercado das montadoras na venda de automóveis e comerciais leves no país, no acumulado até setembro, a Fiat manteve-se na primeira colocação, com 22,93 por cento, seguida pela Volkswagen, com 21,19 por cento, GM, com 17,75 por cento e Ford, com 8,95 por cento.

(Por Fábio Couto)

Mais Carros