Topo

Carros

China aprova divisão da aliança entre Ford e Mazda no país

Deepa Seetharaman

Em Chongqing (China)

27/08/2012 09h47

A China aprovou a divisão da joint-venture que a Ford tem com a japonesa Mazda e a chinesa Chongqing Changan, informou nesta segunda-feira (27) a fabricante norte-americana.

"Estamos muito satisfeitos com a reestruturação e com a forma como está acontecendo", disse o presidente-executivo da Ford, Alan Mulally, na cidade de Chongqing.

Ford e Mazda têm juntas duas grandes fábricas em Chongqing e Nanjing. Pelo plano, a aliança vai se dividir em duas joint-ventures, informou nesta segunda-feira a Changan Ford Mazda.

As duas joint-ventures se chamam por enquanto Changan Ford Automobile e Changan Mazda Automobile. As operações em Chongqing vão pertencer à Ford e à Changnan, e as de Nanjing serão da Mazda e da fabricante chinesa.

Executivos próximos à joint-venture das três empresas disseram que a divisão em duas se deve decisão da Ford em 2008 de levantar capital diminuindo a participação na Mazda de quase 30% para 13%. A fabicante depois fez outra redução e atualmente tem menos de 3% da fabricante japonesa.

As duas companhias agoram sentem menos necessidade de coordenar estratégia na China e tentam maior liberdade para aumentar, separadamente, a presença delas na China, que em 2009 superou os Estados Unidos como o maior mercado automotivo do mundo.

Mais Carros