Topo

Carros

Peugeot reage a rumor de degola e apoia presidente-executivo

AFP
Philippe Varin (no telão e à direita), presidente do grupo PSA Peugeot Citroën Imagem: AFP

<br>Dominique Vidalon

Em Paris (França)

20/06/2012 14h18

O conselho supervisor da PSA Peugeot Citroën declarou apoio nesta quarta-feira (20) ao presidente-executivo da montadora francesa, Philippe Varin, e à estratégia do grupo.

"Após rumores que apareceram na imprensa, todo o conselho supervisor da PSA Peugeot Citroën deseja expressar completo apoio a Philippe Varin e à diretoria executiva, além da estratégia em andamento", disse o conselho num comunicado.

O jornal francês La Tribune noticiou nesta quarta que o maior acionista da montadora, a família Peugeot, queria a substituição de Varin e da equipe executiva dele por causa da queda nas vendas e da insatisfação da aliança com a General Motors.

Esta foi anunciada em fevereiro último, com a GM comprando 7% das ações da Peugeot. A ação gerou até boatos de que as duas companhias abririam uma fábrica em conjunto no Brasil -- o que não se confirmou.

Na Europa, a GM procura uma solução para a cronicamente endividada Opel, sua subsidiária sediada na Alemanha, e a PSA quer reverter prejuízos e alavancar vendas que insistem em recuar.

Mais Carros