Topo

Carros

Vendas mundiais da Volks crescem 9% e alemães seguem mirando topo do mundo

JOHN MACDOUGALL/AFP
Volkswagen vendeu 2,29 milhões de carros de passeio no mundo, de janeiro a maio Imagem: JOHN MACDOUGALL/AFP

<br>Maria Sheahan

Em Frankfurt (Alemanha)

12/06/2012 07h46

As vendas dos carros de passeio da Volkswagen cresceram 9,3% em maio na comparação com 2011. Os números positivos, no entanto, devem-se à alta demanda na China e nos Estados Unidos, que ajudaram a compensar a queda de participação na Europa. Nos países da América do Sul, inclusive no Brasil, a marca manteve o volume de vendas praticamente inalterado, apesar do sobe e desce na participação -- no mercado nacional, a marca chegou a ser ultrapassada pela Chevrolet mais de uma vez nos últimos seis meses, incluindo maio (veja os números gerais de vendas no Brasil para maio clicando aqui).

Nos cinco primeiros meses de 2012, as vendas tiveram crescimento de 9,4%, anunciou a montadora alemã nesta terça-feira (12). De janeiro a maio, as vendas na China (incluindo Hong Kong) saltaram 14,7%, para 819.300 carros, enquanto os Estados Unidos compraram 170.600 caros, 35,7% a mais do que um ano antes.

Na América do Sul, foram entregues 312.200 unidades no período, o que representa alta inexpressiva de 0,2%.

Na Europa Ocidental, no entanto, as entregas no período caíram 5,8%, para 378.600 veículos -- a Alemanha, sede da montadora e ponto fora da curva descendente do continente, viu suas vendas subirem 2,9%.

"A situação nos mercados da Europa Ocidental continua tensa", afirmou o diretor de vendas da Volkswagen, Christian Klingler, em comunicado.

Apesar do balanço negativo da Europa, a Volkswagen comemora o fato de já ter entregue 2,29 milhões de unidades em todo o mundo, desde janeiro. A marca alemã tem plano de alcançar a liderança global do mercado de automóveis, desbancando GM e Toyota, até 2018. (Com Redação de UOL Carros)

Como a Volkswagen quer dominar o mundo
Veja Álbum de fotos

Mais Carros