Topo

Carros

Chrysler tem melhor trimestre desde aliança com Fiat

Frank Polich/Reuters
Linha de montagem em Illinois (EUA) com produção reforçada, após reforço da Chrysler pela Fiat Imagem: Frank Polich/Reuters

Bernie Woodall

Em Detroit (EUA)

26/04/2012 09h08

A montadora norte-americana Chrysler teve o melhor trimestre desde os problemas enfrentados em 2009, graças às fortes vendas na América do Norte, e confirmou a previsão de lucro de US$ 1,5 bilhão de janeiro (cerca de R$ 2,8 bilhões) a março de 2012.

A montadora, controlada pela europeia Fiat, teve lucro líquido de US$ 473 milhões (cerca de R$ 900 milhões) no primeiro trimestre, ante 116 milhões de dólares um ano antes.

As vendas cresceram 33%, para 523 mil veículos no trimestre, impulsionadas pelo mercado norte-americano, no qual as vendas saltaram 36%, acima da média do setor.

"Outro trimestre positivo, com alta nas vendas que superou a média da indústria, é a comprovação de que a Chrysler está mantendo o foco", declarou presidente-executivo tanto da companhia e quanto da Fiat, Sergio Marchionne.

A receita no trimestre somou US$ 16,35 bilhões (cerca de R$ 25,3 bilhões), acima dos US$ 13,12 bilhões de um ano antes.

A terceira maior montadora dos Estados Unidos teve lucro operacional de US$ 740 milhões (pouco mais de R$ 1,4 bilhões), ante os US$ 477 milhões no primeiro trimestre de 2011.

A montadora manteve a previsão anunciada em janeiro de lucro líquido de aproximadamente US$ 1,5 bilhão (cerca de R$ 2,8 bilhões), oito vezes o lucro de 2011, de US$ 183 milhões. No ano passado houve o primeiro lucro anual desde 2005, quando a Chrysler ainda era da alemã Daimler.

A Fiat assumiu o controle da montadora norte-americana em 2009, após a montadora americana ter entrando em concordata.

Mais Carros