Carros

Crise na Europa faz vendas da Renault caírem 8,6%

Elena Berton

Em Paris (França)

25/04/2012 14h24

A Renault, segunda maior fabricante de carros da França, teve queda de 8,6% nas vendas do primeiro trimestre, efeito da crise de dívida europeia, mas reiterou as metas para 2012.

A receita caiu para 9,535 bilhões de euros (US$ 12,57 bilhões), ante 10,43 bilhões de euros no mesmo trimestre do ano passado. O volume de vendas caiu 7,9%, para 638.498 unidades, o que se deve ao mercado bastante desfavorável na Europa.

A montadora manteve a meta de fluxo de caixa positivo neste ano, com investimentos e gastos com pesquisa e desenvolvimento abaixo de 9% da receita.

A maior rival da Renault, a PSA Peugeot Citroën, também anunciou nesta quarta-feira (25) dados financeiros bastante negativos.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo